Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


FALSIFICAÇÃO DOCUMENTAL NOS PROCESSOS ELETRÔNICOS

Veja aqui a programação deste importante treinamento programado para o dia 16/08/2018 em São Paulo

Acompanhe nosso Twitter

30/09/2011 - EPTV.com Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Empresário denunciou fraude em licitações no transporte fretado

Denúncia de favorecimento em concorrência foi feita há 2 anos para o MP.

A operação conjunta do Gaeco (Grupo de Ação Especial de Combate ao Crime Organizado) e a Polícia Civil, que prendeu nesta sexta-feira (30) sete pessoas na região de Campinas acusados de formação de quadrilha e cartel em concorrências de transporte fretado, partiu da denúncia de uma empresa que queria prestar o serviço. Entre os presos estão os donos das empresas Rápido Luxo, VB, Transmimo e Exclusiva Transportes. Um morador de Capivari continua foragido.

Segundo o promotor do Gaeco, Adriano Andrade de Souza, uma empresa que buscava participar da concorrência do transporte fretado circular interno na Unicamp (Universidade Estadual de Campinas) teria sido ameaçada por outros empresários do setor. A denúncia foi feita há dois anos.

Ainda de acordo com as investigações do Ministério Público, a Unitransp, diretoria técnica responsável pelo transporte fretado no campus no distrito de Barão Geraldo, seria vítima do esquema. Nesta sexta-feira, os promotores recolheram documentos na sede do órgão. O esquema também contava com a participação de membros do Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros por Fretamento de Campinas e região (Sinfrecar), que definiam, antes da abertura da concorrência, quais empresas seriam vencedoras de cada linha de ônibus fretado. O promotor Adriano Andrade de Souza não descarta a possibilidade de que outros órgãos públicos também possam ser vítimas do esquema na região.

A operação contou com a participação de 60 policiais e 12 promotores criminais e do Gaeco de Campinas, Piracicaba e Campinas.

Empresário presos

Até o começo da tarde desta sexta-feira, sete pessoas haviam sido presas, entre elas os empresários Miguel Moreira Júnior (foto abaixo), dono da empresa Transmimo, José Brijeito Júnior, dono da Exclusiva Transportes, Ariovaldo Marta, da Rápido Luxo (foto ao lado), Marcelo Pereira, e Belarmino Marta Júnior, também da Rápido Luxo, que seria o chefe o cartel, segundo o Gaeco. Ele foi preso em casa, em um condomínio de Vinhedo. Também foi cumprido o mandado de prisão temporária de Rosa Maria Júlio Landin, do Sinfrecar.

A operação também encontrou R$ 3 mil, 3, 3 mil euros e 15 mil dólares na casa de Ariovaldo Marta, em um condomínio de Itu. Na residência de Miguel Moreira Júnior foram apreendidos 12 computadores, três notebooks, R$ 6,6 mil em dinheiro, 63 cheques de terceiros de diversos valores, além de celulares, CDs e DVDs.

Os presos foram levados para a Delegacia Seccional de Campinas e depois serão encaminhados para a cadeia anexa ao 2º Distrito Policial de Campinas.

Segundo a Emdec (Empresa Municipal de Desenvolvimento de Campinas), a operação não comprometeu os transporte público nesta sexta, pois as prisões afetaram os veículos fretados.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 855 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2018 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal