Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


FALSIDADE DOCUMENTAL NOS PROCESSOS ELETRÔNICOS

Veja aqui a programação deste inédito treinamento programado para o dia 20/12 em São Paulo

Acompanhe nosso Twitter

30/09/2011 - Jornal de Notícias Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

PJ apreende facturas falsas no valor de quatro milhões de euros


A PJ realizou 33 buscas na Grande Lisboa numa investigação por crimes de falsificação de documento, fraude fiscal e associação criminosa no sector da construção civil, tendo sido apreendidas facturas de valor superior a quatro milhões de euros.

Segundo a Polícia Judiciária (PJ), o modo de actuação da organização em causa passava por, numa acção em rede, em nome de empresas de construção civil, com recurso a usurpação de identidades, mandar fazer e proceder à subsequente venda de facturação falsa.

As empresas emitentes destas facturas falsas são maioritariamente sociedades unipessoais, sem instalações, com domicílios fiscais inexactos e, por isso, dificilmente localizáveis, adianta a PJ.

"Foram buscados emitentes e utilizadores da facturação falsa, sociedades comerciais que repercutem essa facturação na sua contabilidade, criando custos fictícios para, em sede de IRC, reduzir a matéria tributável e, em sede de IVA, deduzir e/ou obter o reembolso do imposto", diz ainda a PJ em comunicado.

A investigação esteve a cargo da Unidade Nacional de Combate à Corrupção (UNCC) da PJ, com a colaboração de outros departamentos desta polícia, da Direcção de Finanças de Lisboa e, num dos casos, teve o apoio da PSP.

Na "Operação Caras", que culminou com 33 buscas, domiciliárias e não domiciliárias, estiveram envolvidos cerca de 70 elementos da PJ.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 241 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2018 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal