Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

27/09/2011 - BV News Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Mulher é denunciada pelo MPRR por aplicar vários golpes em Boa Vista


Diante de vários golpes aplicados por Maria José Araújo Ribeiro, a moradores de Boa Vista, em ocasiões distintas, o Ministério Público de Roraima (MPRR) denunciou a acusada por estelionato.

Consta na denúncia que “conforme os autos da investigação entre setembro de 2010 até o mês de março 2011, Maria José Araújo Ribeiro, livre e conscientemente, obteve para si, vantagem ilícita, em prejuízo de várias vítimas, induzindo-as e mantendo-as em erro, mediante artifício ardil”.

Um dos golpes, segundo a denúncia aconteceu em dezembro de 2010, “a acusada mantinha um relacionamento amoroso com a vítima D.C.M, ocasião em que disse ao mesmo que por trabalhar em uma empresa de turismo poderia facilitar o envio do volume de 76 caixas que a vítima queria mandar para o Estado do Ceará, por um preço mais baixo do que o praticado no mercado, por meio de empresa transportadora. Confirmado o negócio, a denunciada cobrou de D.C.M a quantia de R$ 1.500 mil pelo serviço, pedindo ainda que ele deixasse todas as caixas no depósito da empresa de viagem, no Aeroporto Internacional de Boa Vista, de onde seriam enviadas para o destino desejado. O pagamento nunca fora feito e a empresa não enviou o material da vítima”.

A última vítima enganada por Maria José Araújo Ribeiro, em março deste ano, adquiriu um pacote turístico para a Itália pela quantia de R$ 3.200 mil. “Maria José ofereceu-lhe o pacote dizendo que poderia praticar tal valor posto que a agência de viagens onde trabalhava teria um bônus que poderia ser repassado a clientes, convencendo a vítima, dessa forma, a lhe entregar a quantia exigida, tendo sido a viagem marcada para o mês de setembro deste ano. A denunciada ainda pediu a quantia de R$ 300 da vítima em troca de uma passagem para o Estado do Ceará, bem como a quantia de R$ 4.700 mil por um pacote de viagem marcada para o início de 2012, todos pagos pela vítima. A mulher enganada ao exigir de Maria José, os recibos referentes aos pagamentos dos pacotes e das passagens adquiridas, não logrou recebê-los”, diz trecho da denúncia.

De acordo com o promotor de Justiça, da 6ª Promotoria Criminal, Ulisses Moroni Júnior, “a pena para o crime de estelionato é de um a cinco anos de prisão e multa, todos na forma do art. 69, do Código Penal”.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 328 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados no topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Divulgação





Copyright © 1999-2021 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal