Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

07/09/2007 - TEK Sapo Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Roubo de identidade via redes P2P sujeita americano a 29 anos de prisão


Um homem de Seatle enfrenta uma pena de 29 anos por ter utilizado as redes peer-to-peer LimeWire e Soulseek para cometer crimes de roubo de identidade. De acordo com as autoridades o homem terá feito 83 vítimas das suas acções ilegais.

O esquema terá começado em Março de 2005 e usado as redes P2P para encontrar vítimas que acidentalmente tivessem configurado o seu software para partilhar informação sensível. Usando estes privilégios, o homem pesquisava nos discos rígidos das vítimas por registos de cartões de crédito, aplicações de crédito ou reembolsos de impostos. A informação recolhida era posteriormente usada para fazer compras, que chegaram aos 73 mil dólares.

Gregory Kopiloff é agora acusado de fraude de email, acesso a um computador protegido sem autorização e duas acusações de roubo de identidade agravado o que no conjunto o sujeita a uma pena de 29 anos.

Entretanto, a empresa de monitorização de redes Tiversa divulgou que uma pesquisa recente realizada durante 13 dias junto de várias redes P2P revelou 55 mil pesquisas pelo termo credit card e 70 mil pesquisas por outros temas relacionados como Visa ou American Express, demonstrando a banalidade das tentativas de ataque por esta via.

Outras empresas de segurança que comentaram o caso consideram que para assegurar protecção a este tipo de situações os utilizadores de redes P2P devem manter a informação sensível guardada num disco à parte.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 338 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal