Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

20/09/2011 - Diário do Pará Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Polícia prende quadrilha que fraudava contas


Foram presos, na manhã de ontem, 11 integrantes de uma quadrilha que transferiu indevidamente, através de um hacker, R$ 2,5 milhões da conta bancária de um gerente de banco em Fortaleza. A transferência ocorreu em abril deste ano, quando foram presos dois integrantes, João Silva Barbosa, 53, e Sérgio Augusto dos Santos Reis, 34. Com a operação “Reloaded”, a polícia do Estado do Pará conseguiu efetuar a prisão, em Fortaleza, de Wellington Patrick Borges Souza, o mandante da quadrilha e criador dos programas de internet, junto com Francisco Edson Andrade da Costa e Nerilane Costa de Castro Pessoa, todos no Estado do Ceará.

Na Região Metropolitana foram presos José Pedro Amorim Sobrinho, Evelise Lassance Cunha de Alencar, Marcos José de Sousa Durães, Wysney Rafael Silveira de Assis, Liliana de Nazaré Lobato dos Santos, Cleverton da Silva Nunes, Ornelinda Maria Paz Andrade, presa em Santarém, e Valdir Parizotto, em Castanhal. Foram encontrados ainda durante as apreensões, uma submetralhadora 9mm com munições de uso restrito das Forças Armadas, que estava com Valdir, televisões, computadores, DVD e documentos falsificados.

ESPECIALIDADE

De acordo com o delegado da Divisão de Polícia Especializada, João Bosco, a modalidade da quadrilha era de assalto a contas bancárias pela internet e que através do lucro desses roubos, outros crimes estavam sendo realizados. “Estamos trabalhando para desarticular também outras ramificações de atuação dessa quadrilha como envolvimento em roubos e tráfico de drogas, no nosso Estado e no Brasil”. O delegado ressaltou ainda que os integrantes da quadrilha são conhecidos pela polícia e uma parte deles já teria passagem pelas polícias Civil e Federal.

Segundo a delegada Beatriz Silveira, da Divisão de Repressão ao Crime Organizado (Drco), o mandante da quadrilha Wellington Patrick poderia ser considerado “nível senhor dos hackers”, criando programas para efetuar as transferências, alugando contas bancárias. “As pessoas que alugavam suas contas recebiam em torno de 20% do valor de cada transferência”.

Beatriz disse ainda que Patrick possuía um aparelho gerador de números de CPF e que as transferências estavam sendo efetuadas da Praia do Futuro, em Fortaleza.

A delegada ressaltou que foi cumprido o mandado de prisão da quadrilha e que os integrantes vão responder por furto mediante fraude, receptação, falsidade de documentação, estelionato, formação de quadrilha e porte de arma de fogo de uso restrito. Participaram ainda dessa operação a Divisão de Homicídios, Dioe e o Núcleo de Apoio a Investigações Policiais de Castanhal.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 715 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados no topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Divulgação





Copyright © 1999-2021 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal