Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

17/09/2011 - Jornal Cidade (Rio Claro) Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Mulher é presa com cartões e senhas de clientes


Uma mulher foi presa em flagrante, na tarde de quinta-feira (15), em Itaquera, zona leste da capital paulista, por crime de falsidade ideológica, ao receber em seu endereço, indevidamente, um envelope contendo cartão e senha do cliente de um banco.

De acordo com as autoridades, a entrega foi feita por policiais em uniformes similares aos dos Correios, que apreenderam com a suspeita outros quatro envelopes contendo cartões e senhas de clientes, recebidos anteriormente no mesmo endereço. O gerente de segurança de um banco compareceu ao 41º Distrito Policial do bairro Vila Rica e disse aos investigadores de polícia que várias remessas de senhas e cartões de clientes da instituição estavam sendo enviadas, indevidamente, para um mesmo endereço, na Rua da Várzea, Vila Progresso, Itaquera.

A última remessa, de um cartão tipo bônus pré-carregado, com senha, fora enviada na quinta (15). Verificou-se que o destinatário não era o titular do cartão. Os policiais, acompanhados pelo funcionário do banco e vestidos com uniformes similares aos dos Correios, foram até o endereço que recebia as remessas, sendo recebidos pela jovem C.A.F.S., de 20 anos. Ela confirmou que o destinatário das remessas, A.A., residia no local, mas não estava no momento. Os policiais, então, fizeram a entrega da nova remessa, contendo um cartão e uma senha, e C. assinou o recebido de entrega, dando nome incompleto e um número de RG que não era o seu.

De acordo com as informações contidas no próprio site da Secretaria Estadual de Segurança Pública, ao entregar o recibo aos policiais, pensando que fossem funcionários dos Correios, a jovem foi detida em flagrante por crime de falsidade ideológica. Com ela foram apreendidas quatro correspondências do banco contendo nomes de outros beneficiários, com cartões e respectivas senhas, mas para ao mesmo endereço. A acusada foi autuada no 41º Distrito Policial e levada para uma carceragem feminina. Agora os policiais vão investigar quem são os beneficiários das remessas indevidas e se há funcionários envolvidos nas irregularidades.

Documentos falsos

A Polícia Civil também investiga um esquema de produção de documentos falsos para lavagem de dinheiro. Integrantes do Grupo de Combate a Facções Criminosas do Deic (Departamento de Investigações sobre Crime Organizado) passaram a desenvolver investigações a partir da prisão do protético J.S.S., de 35 anos, na região do Itaim Paulista, zona leste de São Paulo.

A equipe encontrou no pen drive do suspeito centenas de fotos e bases digitalizadas para a criação de todo tipo de documentação.

O homem contava até com listagens de beneficiários de seguro-desemprego, contendo endereço e demais dados cadastrais.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 342 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados no topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Divulgação





Copyright © 1999-2021 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal