Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

24/08/2011 - EPTV.com Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Homem vende droga pela internet e não entrega mercadoria

Suspeito foi detido pela Polícia Civil; ele praticava o golpe há cinco anos e ganhava cerca de R$ 5 mil por mês.

Um homem foi detido pela Polícia Civil de Barretos por estelionato. Ele é acusado de utilizar a internet para vender drogas, porém não entregava a mercadoria aos compradores.

Segundo a polícia, o suspeito negociava através de uma webcam. Ele mostrava a suposta droga ao comprador, que depositava antecipadamente o dinheiro em sua conta. A promessa era enviar a mercadoria via correio, o que não acontecia.

O caso foi denunciado por um jornalista do Rio Grande do Sul e foi investigado durante seis meses pela polícia de Barretos, que chegou ao suspeito através de buscas pela internet e das quebras dos sigilos bancário e telefônico dele.

Segundo o delegado João Osinski Júnior, o homem não foi preso em flagrante, pois o crime é afiançável e ele não foi surpreendido praticando o delito. “Além disso, os objetos apreendidos com ele não eram drogas, apenas pareciam ser”, complementou o delegado.

De acordo com a Polícia Civil, o homem confessou que praticava o golpe há cinco anos e ganhava, em média, R$ 5 mil por mês. “Ninguém reclama desse crime, alguém vai procurar a polícia porque não recebeu a droga?”, comentou o delegado João Osinski Júnior.

O homem foi indiciado por estelionato, cuja pena varia de um a quatro anos. Outros delitos serão investigados, segunda a polícia. Ele vai responder pelo crime em liberdade.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 198 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados no topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Divulgação





Copyright © 1999-2021 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal