Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

25/08/2011 - pernambuco.com / Agência Brasil Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

PF prende 5 suspeitos de fraudar financiamentos da Caixa em MG e ES


A Polícia Federal (PF) prendeu hoje (25), em caráter temporário, cinco pessoas investigadas por suposto envolvimento com um esquema que fraudava financiamentos bancários concedidos pela Caixa Econômica Federal para a compra de material de construção.

Além dos cinco mandados de prisão temporária cumpridos em Governador Valadares (MG) e em Vila Velha (ES), também foram executados 11 mandados de busca e apreensão: oito na cidade mineira, dois no município capixaba e um em Timóteo (MG).

De acordo com as investigações preliminares, iniciadas em março de 2010, vários financiamentos foram concedidos a pessoas que forneceram documentos falsificados fornecidos pela quadrilha investigada. Outros bancos além da Caixa foram vítimas do golpe, mas a PF ainda não divulgou quais são eles.

As fraudes à linha de financiamento da Caixa para aquisição de materiais de construção destinados à reforma ou ampliação (Construcard) causaram, segundo a PF, um prejuízo de mais de R$ 250 mil ao banco estatal.

Entre os investigados está um agente da polícia civil de Minas Gerais. Lotado na delegacia de Ipatinga e morador de Governador Valadares, ele é suspeito de cadastrar nomes fictícios no Sistema de Informações da Polícia Civil. Essas identidades, posteriormente, eram usadas por outros integrantes da quadrilha para obter os financiamentos fraudulentos.

Os envolvidos serão indiciados por estelionato, formação de quadrilha, falsidade ideológica, inserção de dados falsos em sistema de informações, violação de sigilo funcional, além de obtenção de financiamento em instituição financeira mediante fraude, aplicação de recurso de financiamento em finalidade diversa da prevista em lei ou contrato. As penas podem variar de um ano a 12 anos de prisão.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 226 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados no topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Divulgação





Copyright © 1999-2021 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal