Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

25/08/2011 - pe360graus Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Três suspeitos de clonar cartões são presos pelo Depatri em Afogados

Grupo foi detido no começo da semana e apresentado nesta quinta-feira; um dos integrantes já tinha passagem pela polícia.

O Departamento de Repressão aos Crimes Patrimoniais (Depatri) apresentou, nesta quinta-feira (25), três homens suspeitos de tentativa de estelionato. No começo da semana, eles foram flagrados com quatro cartões de crédito clonados, três celulares, um computador e diversos equipamentos utilizado para clonar e falsificar cartões.

A prisão aconteceu no bairro de Afogados, no Recife, depois de eles terem tentado, pelo segundo dia seguido, fazer compras num estabelecimento comercial. O grupo não conseguiu concretizar a compra porque excedeu o limite.

"A operadora de cartões avisou o pessoal da loja e, como eles já estavam cientes da fraude, acionaram a equipe de policiais civis que estavam nas redondezas. Os policiais fizeram a abordagem e nós constatamos que os cartões de crédito estavam em nome dos próprios estelionatários. Quando eles faziam as compras, os comprovanters saíam nos nomes deles, o que tornaria praticamente impossível de constatar a fraude in loco", diz o delegado Juliard Baquil.

Um dos presos é Eliab Galdino Ferreira (foto 4), 26 anos, que já tinha ficha policial - estava em liberdade provisória, mas havia sido preso por assalto, formação de quadrilha e tráfico de entorpecentes. Os outros suspeitos são Roberto Cezar Santos de Souza (foto 5), 25 anos, e Clayton Santos de Souza (foto 6), 25 anos - nenhum dos dois tinha antecedentes criminais.

A polícia também apreendeu um caderno com anotações. "Essa cartilha foi apreendida na residência de um dos autuados. Ela está explicando o passo a passo, segundo eles, com informações colhidas através da internet, de como se deve utilizar esse equipamento de falsificação, denominado régua [foto 1] - como passar o cartão, como conectar o equipamento ao notebook, como fazer a magnetização do cartão. A gente tem conhecimento que eles também têm aliciado operadores das maquinetas do cartão, gente que trabalha no comércio, e colocam, através de um pen drive, um programa que captura os dados de todos os cartões que são passados naquela máquina", explica o delegado Rômulo Aires.

Os três foram autuados por tentativa de estelionato e, na conclusão do inquérito, poderão ser indiciados ainda por formação de quadrilha e falsificação de documentos. A pena pode variar entre 1 e 5 anos de prisão. Todos estão detidos no Centro de Triagem (Cotel), em Abreu e Lima.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 252 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados no topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Divulgação





Copyright © 1999-2021 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal