Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

23/08/2011 - EcoAgência Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Após fraude, Syngenta pagará direitos trabalhistas para fugir de processo

Por: Jorge Américo

A fraude tinha o objetivo de livrar o grupo suíço de encargos trabalhistas, fiscais e previdenciários.

A multinacional Syngenta se comprometeu a regularizar a situação de trabalhadores rurais que ela contratava por meio de empresas de fachada. A fraude tinha o objetivo de livrar o grupo suíço de encargos trabalhistas, fiscais e previdenciários. O acordo judicial foi assinado junto ao Ministério Público do Trabalho (MPT) em Ribeirão Preto (SP).

De acordo com o procurador do Trabalho Henrique Correia, o contrato da Syngenta com as terceirizadas previa a exploração de atividades agrícolas. Isso se caracterizou como “terceirização ilícita”, já que esta é a área de atuação da empresa.

“Chegaram ao nosso conhecimento várias sentenças judiciais apontando que a Syngenta contratava uma empresa terceirizada para fazer atividade-fim, que é o plantio de sementes. Nós iniciamos um inquérito para a investigação. A Syngenta não teve interesse de fazer um acordo no começo e nós ingressamos com uma Ação Civil Pública para regularizar a situação.”

Os trabalhadores das prestadoras reconhecem que trabalharam apenas em lavouras da Syngenta, no município de Ituverava (SP). Segundo Correia, esse vínculo obriga a empresa assumir compromissos com os trabalhadores.

“O compromisso assumido pela Syngenta foi de oferecer aos terceirizados as mesmas condições que ela oferece aos seus empregados. E, caso as empresas terceirizadas não paguem as verbas trabalhistas, a Syngenta será responsável.”

A Syngenta deverá doar R$ 300 mil à Associação dos Pais e Amigos dos Excepcionais (Apae), a título de indenização por danos morais. Se descumprir o acordo, o grupo terá que pagar multa de R$ 4 mil por infração cometida e por trabalhador prejudicado. A Syngenta lidera a produção mundial de sementes.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 174 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados no topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Divulgação





Copyright © 1999-2021 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal