Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

04/09/2007 - pernambuco.com Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Carranca de Tróia prende hackers em Petrolina


Carranca de Tróia é o nome da operação que a Polícia Federal está desencadeando desde o início da manhã de hoje nos estados de Pernambuco, Ceará e Bahia. O objetivo é desarticular uma quadrilha de hackers e suspeitos de praticarem fraudes através da internet e de caixas eletrônicos em várias cidades nordestinas.

Até o momento, foram cumpridos 26 dos 30 mandados de prisão expedidos pelo Ministério Público Federal (MPF). Segundo as primeiras informações da delegacia da PF em Juazeiro, na Bahia, para onde os detidos estão sendo levados, 18 pessoas foram presas em Petrolina, no Sertão de Pernambuco.

A ação, que leva o nome inspirado nos “cavalos de Tróia” (tipos de vírus que infectam computadores e permitem que os hackers resgatem informações como números de contas e senhas), está sendo realizada por cem policiais.

A quadrilha começou a ser investigada em abril deste ano. De acordo com informações da PF, o grupo enviava e-mails falsos para as vítimas, como se fossem de instituições bancárias ou oferecendo serviços fantasmas. Quando o e-mail era aberto, um cavalo de tróia era instalado no computador do usuário.

Assim, os hackers tinham acesso às informações pessoais. O dinheiro era desviado de vários bancos para as contas de pessoas que emprestavam suas contas correntes para a realização do golpe. Das contas dos laranjas, o dinheiro era sacado ou usado para o pagamento de contas e impostos.

Além do roubo, a quadrilha é suspeita de desviar dinheiro. Segundo a polícia, os integrantes do grupo exibiam um padrão de vida incompatível com a sua renda, esbanjando dinheiro na compra de veículos, imóveis etc.

A operação Carranca de Tróia também apura a participação de policiais civis de Petrolina, que teriam recebido R$ 50 mil para permitir a fuga de integrantes do grupo, depois de mandados de prisão expedidos pela Justiça Estadual. O inquérito foi, em seguida, remetido para a Justiça Federal, que desencadeou a operação de hoje.

Os nomes dos detidos e mais detalhes sobre a ação só serão divulgados em coletiva às 15h30, na delegacia da PF em Juazeiro.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 509 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal