Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

30/07/2011 - Jornal da Cidade de Bauru Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Homem é preso em Arealva aplicando “golpe do colchão”

Por: Lilian Grasiela


Arealva – Um vendedor de 40 anos foi preso em flagrante ontem, em Arealva (41 quilômetros de Bauru), acusado de aplicar o chamado “golpe do colchão”. Segundo a polícia, no último dia 6 ele vendeu um colchão a um aposentado de 65 anos por R$ 3,7 mil. Ontem, ele retornou à casa da vítima para oferecer a ela uma TV de 32 polegadas em troca de mais R$ 2 mil. Um sobrinho do aposentado desconfiou e chamou a Polícia Militar, que deteve o acusado.

De acordo com o delegado Cledson Luiz do Nascimento, para pagar o colchão, que supostamente seria magnético, o idoso fez um empréstimo bancário e assinou contrato para desconto de 60 parcelas de R$ 120,00 da sua aposentadoria, que é de R$ 545,00. Na ocasião, o acusado, A.L.B.C. (somente as iniciais foram divulgadas), estava em companhia de outro homem.

Ontem, o vendedor retornou à residência do aposentado e disse que se lhe desse mais R$ 2 mil ganharia a TV de 32 polegadas. A vítima chegou a ir de carro até uma agência bancária. Contudo, seu sobrinho desconfiou e resolveu segui-lo, evitando que um novo empréstimo fosse feito. Assim que descobriu o golpe, ele acionou a PM. Um comparsa que o aguardava na esquina do banco conseguiu fugir a pé.

O acusado, que é morador de Bauru, foi levado à delegacia e autuado em flagrante por tentativa de estelionato. Segundo o delegado, ocorrência semelhante foi registrada na cidade no mês passado. “Nesse golpe, aposentados são induzidos a assinar contratos de empréstimos consignados, cujos valores ultrapassam, e muito, o valor de mercado dos produtos”, revela.

Em seu interrogatório, A.L.B.C. alegou que apenas montava os colchões. A polícia desconfia da versão dele e diz que o acusado apresentou-se à vítima com o nome de Jorge. Após pagar fiança, ele foi liberado para responder ao inquérito em liberdade.

A Policia Civil orienta a população, principalmente os idosos, para que, ao serem oferecidos produtos com condições ou formas de pagamento duvidosas, que familiares sejam consultados.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 177 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados no topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Divulgação





Copyright © 1999-2021 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal