Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

02/08/2011 - Paraná Online Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Dupla é presa por estelionato e falsificação de documentos

Fernanda Deslandes

Dois suspeitos de falsificar documentos para fingir que eram juiz federal e motorista foram presos em flagrante por investigadores da delegacia de São José dos Pinhais.

José do Carmo Silveira Júnior, 45 anos, chegou ao banco Bradesco, na BR-376, em um Peugeot 408, conduzido por Carlos Gonçalves de Lima, 48. Ele vestia terno, gravata, e usava um relógio caro. Carlos também estava com roupa social.

Na agência, José apresentou um falso contracheque do Tribunal Regional Federal da 4ª Região, mostrando que ganhava mensalmente R$ 23 mil. Ele também mostrou documento de identidade e declaração de imposto de renda falsos.

A intenção do suspeito era abrir uma conta bancária com limite de R$ 20 mil e a gerente orientou José a retornar no dia seguinte para assinar a abertura da conta. Desconfiados, funcionários do banco informaram a Divisão Metropolitana da Polícia Civil, e o delegado Hamilton da Paz pediu apoio à delegacia de São José dos Pinhais para fazer campana na agência, aguardando a chegada dos dois.

Assim que Carlos e José compareceram à agência, munidos dos mesmos papéis do dia anterior, foram presos em flagrante por estelionato e falsificação de documento.

Suspeitas

Com Carlos foi apreendido um cartão de outro banco, que estava registrado em nome falso e pode ter sido usado para lesar comerciantes. Contra ele vigorava um mandado de prisão por estelionato, expedido em Curitiba.

Para a imprensa, ele declarou que pegou apenas uma carona com José, porque seu carro estava na oficina. O Peugeot foi apreendido, e a polícia vai verificar se o veículo foi comprado de forma legal.

“Com uma conta dessas, eles poderiam aplicar vários golpes no mercado”, ressalta o delegado Gil Tesseroli, titular da delegacia. Quem pode ter sido lesado pela dupla pode contatar a delegacia de São José dos Pinhais pelo telefone 3299-1500.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 133 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados no topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Divulgação





Copyright © 1999-2021 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal