Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

14/08/2007 - Portal Exame Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

PF desarticula esquema de lavagem de dinheiro em MG

Por: Eduardo Kattah


A Polícia Federal (PF) deflagrou hoje a Operação Zebu para desarticular uma quadrilha acusada de lavagem de dinheiro e sonegação fiscal por meio de frigoríficos localizados na região do Triângulo Mineiro, principalmente na cidade de Ituiutaba. Durante a ação, foram cumpridos seis mandados de prisão e nove mandados de busca e apreensão. Conforme a PF, a investigação revelou que a quadrilha criava várias empresas fantasmas, que fechavam as portas sem realizar a quitação de seus débitos tributários. De acordo com o delegado Marinho Silva Resende, chefe da PF de Uberlândia, o passivo tributário já levantado foi estimado em R$ 20 milhões. Segundo Resende, há indícios de que a quadrilha atuava também em outros Estados.

Durante a operação, foram apreendidos cerca de R$ 240 mil reais em cheques e dinheiro. Os policiais apreenderam também documentos, gado e 10 carretas, entre outros veículos. Foram presos Ronaldo Alves Barbosa, apontado como chefe da quadrilha, Beatriz Gomes Vilela, Christiane Junqueira Borges, Auro José Freitas, Elvio Alves Taveira e a advogada Nívea Fernandes de Lima. Auro e Elvio, conforme afirmou o delegado, atuavam como "laranjas" da suposta organização criminosa.

Outro suspeito, identificado como Roberto Alves Barbosa - irmão de Ronaldo -, está foragido. Os presos foram levados para a cadeia pública de Ituiutaba. Advogados ou representantes dos suspeitos não foram localizados.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 342 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal