Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

21/07/2011 - Mídia News Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Polícia alerta para volta da "onda" de falsos sequestros

Por: Isa Sousa

Bandidos realizam chamadas telefônicas de dentro dos presídios para obter dinheiro.

A delegada Ana Cristina Feldner, titular do Grupo de Combate ao Crime Organizado (GCCO), da Polícia Judiciária Civil, alertou, nesta quinta-feira (21), para a volta, "em grande escala", da onda dos falsos sequestros.

A prática, até anos atrás, era bastante comum em várias capitais e cidades brasileiras. Os bandidos ligam para a casa das pessoas e dizem que alguém da família está seqüestrado. Normalmente, têm alguma informação sobre o suposto seqüestrado, como nome, onde estuda ou trabalha.

Essas informações podem ter sido dadas involuntariamente por moradores da própria casa, como crianças, idosos, servidores domésticos mal orientados e até adultos mais distraídos.

Enquanto um dos homens fala que o filho (ou filha), por exemplo, foi levado e é necessário depositar dinheiro em uma conta para o resgate, outra pessoa ao fundo "chora". Algumas vezes, o bandido que chora chega a gritar por socorro e, assustados e preocupados, os pais ou familiares acreditam na armação.

Conforme Ana Cristina, na última semana, a Polícia Civil registrou dois casos em Cuiabá. Porém, o número desses casos é maior e, por vergonha de terem caído em golpes desta natureza, muitas pessoas não querem se expor acabam não regstrando o B. O. (Boletim de Ocorrência) na delegacia.

Nesses dois casos registrados, as vítimas chegaram a depositar dinheiro na conta dos bandidos.

"O alerta é para que as pessoas tenham calma, não se desesperem e não depositem o dinheiro de forma alguma. Ao depositar, estará alimentando a contas de bandidos. É recomendável ligar para a possível pessoa sequestrada e procurar a Polícia assim que possível", disse a delegada.

Cuidados

Uma das dicas para evitar ser enganado pelo trote é desligar a ligação, assim que perceber do que se trata. Comunicar o fato imediatamente à Polícia é importante, para um futuro rastreamento.

As ligações de golpe feitas pelos bandidos são, em sua maioria, a cobrar, um motivo a mais para ficar atento.

A vítima também deve prestar atenção para nunca citar o nome do filho ou do parente durante o telefonema. O bandido pode usar isso a seu favor.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 141 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados no topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Divulgação





Copyright © 1999-2021 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal