Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

31/08/2007 - Jornal da Paraíba Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Presos três acusados de falsificação

Por: Luzia Santos


três homens acusados de participar de um grupo especializado em falsificar documentos e de dar golpes em cinco lojas do comércio pessoense foram presos na manhã de ontem pelo Serviço de Inteligência do 5º Batalhão da Polícia Militar da capital paraibana. Com eles foram apreendidos 30 certidões de nascimento, a maioria falsas, 31 documentos de identidade falsos, 19 CPFs, seis carteiras de trabalho, 17 títulos de eleitor, 16 carteiras de habilitação, 91 comprovantes da Cagepa, 98 folhas de cheques de diversos bancos preenchidos no nome de várias pessoas, além de cartões de crédito, de banco e até de crediários de lojas.
Além dos homens, foram detidas para averiguação duas mulheres, que estão sendo investigadas pela polícia. As suspeitas são a agente de saúde Mauristé Carvalho de Sousa, de 45 anos, e Maria de Lurdes Conceição, 31 anos, esposa de um dos acusados preso. Apenas os homens teriam confessado que estavam envolvidos no esquema de falsificação.
Adriano Pereira da Silva, 31 anos, Alex Sidney Pereira da Silva, 28, Jefferson Santos de Moraes, 24, foram presos nos bairros de Mangabeira e do Cristo. O primeiro a ser detido foi Alex Pereira, com quem a polícia encontrou a documentação e um computador.
Segundo o tenente-coronel Marcone Torres, comandante do 5º Batalhão, o grupo agia falsificando desde certidões de nascimento até identidades, CPFs, carteira nacional de habilitação, carteiras de trabalho, cartões de crédito e comprovantes da Cagepa. A falsificação era realizada a partir de um programa de computador com o qual eles alteravam documentos originais que haviam sido escaneados.
Parte dos documentos falsos seria utilizada pelos próprios suspeitos na compra de eletrodomésticos em vários estabelecimentos comerciais da cidade. Eles também eram usados para a contratação de serviços do Detran e da Telemar (o grupo, segundo a polícia, teria adquirido sete linhas telefônicas, sendo três no bairro do Cristo, outras três em Mangabeira e outra nos Funcionários I, com documentos falsos). Na prisão dos acusados a polícia conseguiu encontrar vários eletrodomésticos, entre eles um microondas, uma televisão e um DVD, além de 30 caixas de cervejas, adquiridos com cartões falsos.
De acordo com o tenente-coronel Marconi Torres, as investigações tiveram início quando foi denunciada a venda de uma carteira de habilitação falsa, no valor de R$ 300. Os policiais do Serviço de Inteligência passaram a monitorar os suspeitos e conseguiram chegar a Alex Silva, acusado de liderar o grupo. Na casa dele foi apreendido o computador utilizado para criar os documentos.
A partir da descoberta do acusado, a polícia chegou aos demais integrantes do bando. Segundo a polícia, os três homens deverão responder pelos crimes de falsificação de documentos, estelionato, além de formação de quadrilha.

DOCUMENTOS APREENDIDOS

6 Carteiras de trabalho
16 Carteiras de habilitação
01 Crachá do Detran de instrutor de auto-escola
17 Títulos de eleitor
31 Documentos de identidade
19 CPFs
09 Talões da Instituição Não Governamental Pró-Moradia
08 Carimbos de Cartórios falsos
91 Recibos da Cagepa em branco
98 Folhas de cheques de diversos bancos
30 Certidões de nascimento
18 Cartões da Loja Maia
12 Cartões da Caixa Econômica Federal
05 Cartões do Banco Itaú
10 Cartões do Banco Bradesco
09 Ourocard
04 Cartões do Banco Popular do Brasil
07 Cartões da Loja Riachuelo
03 Cartões da Loja Makro
03 Cartões da Loja Esplanada

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 912 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal