Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


ÚLTIMOS TREINAMENTOS DE 2018 SOBRE FRAUDES E FALSIFICAÇÕES
Veja AQUI programação e promoções dos últimos treinamentos de 2018 da DEALL R&I
sobre Fraudes e Falsificações nos dias 14, 22 e 29 de novembro.


AFD SUMMIT
A maior Conferência de Investigação Corporativa & Perícia Forense da América Latina.
São Paulo dias 08-09 de dezembro de 2018


Acompanhe nosso Twitter

07/07/2011 - Portal da Ilha Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

MPF e Polícia Federal deflagram Operação El Niño em Santa Catarina


Após investigações conjuntas do Ministério Público Federal e da Polícia Federal, iniciadas em junho de 2010, foi deflagrada na manhã desta quinta-feira (7) a Operação El Niño, com o objetivo de desmantelar organização criminosa acusada de desvio de recursos públicos de origem federal, fraudes à licitação pública, peculato, corrupção, falsidade documental, além de outros crimes no município de Barra Velha, litoral norte catarinense. Seis pessoas da cúpula da administração municipal, entre eles o prefeito Samir Mattar, serão afastados dos cargos.
O caso teve como ponto de partida uma enchente que assolou o município, em novembro de 2008, e um vendaval, ocorrido em setembro de 2009. Os investigados são acusados de desviar recursos federais destinados a cobrir os prejuízos destas catástrofes. Entre os crimes, cobrança de propina de empresários, falsificação de documentos e emissão de notas fiscais falsas junto a empresários do ramo da construção civil para justificar a compra de materiais e a execução de serviços não realizados. Segundo apurações iniciais, o bando também decretava estado de emergência no município sem motivo justificante para viabilizar a contração de empresas sem licitação. Também confeccionava projetos de obras e serviços superfaturados para embasar a solicitação de recursos junto ao Ministério da Integração Nacional e Ministério das Cidades.

A missão da El Niño é cumprir dez mandados de busca e apreensão expedidos pelo Tribunal Regional Federal da 4ª Região, conforme requerido pela Procuradoria Regional da República da 4ª Região, com base em representação da Polícia Federal.

Além dos mandados de busca, a Justiça Federal decretou medidas cautelares determinando o afastamento imediato dos investigados dos cargos públicos, prefeito e presidente da Câmara Municipal incluídos. A partir de então, eles estarão proibidos de praticar qualquer ato na administração pública de Barra Velha. A decisão judicial ainda determinou a proibição do contato direto dos investigados com qualquer servidor municipal a não ser por intermédio de advogados.

Cerca de 60 policiais federais, vindos de outras cidades de Santa Catarina, estão envolvidos na operação.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 166 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Divulgação





NSC / LSI
Copyright © 1999-2018 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal