Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


AFD SUMMIT

A maior Conferência de Investigação Corporativa & Perícia Forense da América Latina.
São Paulo dias 08-09 de dezembro de 2018


Acompanhe nosso Twitter

04/07/2011 - Olhar Digital Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Spams caem 82,2% em um ano, mas superbug ameaça usuários

Mensagens indesejadas caíram de 225 bilhões, em junho de 2010, para 40 bilhões em 2011. Enquanto isso, bug TDL-4 atingiu 4,5 milhões de PCs.

A quantidade de spams disparados no mundo caiu 82,2% em um ano, segundo pesquisa da Symantec. Em junho de 2010, 225 bilhões de e-mails indesejados eram enviados por dia. Em 2011, o número caiu para 40 bilhões.

O motivo para a queda, segundo especialistas de segurança, foi a ajuda dos provedores de internet. O gráfico abaixo mostra uma queda acentuada a partir do desligamento da rede de spam "Rustock", responsável por 40% dos e-mails indesejados da web. A rede foi temporariamente desligada em dezembro, voltou e, em março, foi desativada definitivamente.

Essa é a parte boa da notícia.

A ruim é que, no lugar de spam, um novo superbug chamado TDL-4 está se espalhando, segundo o site Mashable, e ele é capaz de remover todos os malwares do seu PC e substituí-los por dezenas de vírus mais perigosos. Há quem diga que o TDL-4 já infectou 4,5 milhões de computadores pelo mundo, e que ele usa um tipo de criptografia que dificulta a análise por parte de especialistas. Esse bug está sendo usado em e-mails falsos para realização de fraudes bancárias e roubo de senhas.

Não há informações da origem do bug. Por enquanto, o melhor a fazer é o de sempre: evitar e-mails suspeitos e contar com a caixa de spam do seu serviço para não ter contato com essas mensagens indesejadas.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 111 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Divulgação





NSC / LSI
Copyright © 1999-2018 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal