Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


AFD SUMMIT

A maior Conferência de Investigação Corporativa & Perícia Forense da América Latina.
São Paulo dias 08-09 de dezembro de 2018


Acompanhe nosso Twitter

04/07/2011 - pe360graus Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Golpistas usam nome da Receita para roubar informações de contribuintes

A Receita Federal já informou que não manda e-mail para os contribuintes. Se precisar corrigir alguma informação, ela manda uma carta.

Tem golpista usando o nome da Receita Federal para roubar informações pessoais de contribuintes. A internet facilita a vida e no Brasil já são 70 milhões de usuários, mas é preciso ficar atento às armadilhas que chegam pelo computador. Mensagens falsas, como a que o bancário Eduardo Lopes recebeu, que seria da Receita Federal. “Dava a informação de que eu teria pendências relativas a última declaração e que eu teria que clicar em um link, verificar qual era a pendência para solucioná-la antes que eu caísse na malha fina”, conta Eduardo, que sofreu uma tentativa de golpe.

A Receita Federal já informou que não manda e-mail para os contribuintes. Se precisar corrigir alguma informação, ela manda uma carta. No entanto, os golpistas virtuais começaram a enviar cartas pelos Correios. A correspondência tem a logomarca da Receita e informa que há problemas no cadastro do contribuinte. Sugere que ele acesse um endereço na internet para atualizar as informações e que tenha em mãos o número do CPF e os dados da conta bancária.

A Receita foi informada sobre a nova tentativa de golpe, que começou na época do pagamento da restituição do Imposto de Renda. A carta pode ser parecida com a que a Receita às vezes envia, mas tem uma falha: manda o contribuinte acessar um endereço estranho na internet.

“Se uma correspondência indicar um endereço na internet diferente da página oficial da Receita Federal, fuja dessa correspondência. Procure uma autoridade policial, comunique algum órgão de controle, pois é uma tentativa de golpe”, afirma Carlos Roberto Occaso, da Receita Federal.

O perito em crimes digitais Wanderson Castilho diz que ao acessar uma página falsa, o usuário pode permitir a entrada de um programa que vai pegar senhas e número de documentos. Por isso, a recomendação é ter sempre um antivírus instalado. “Não existe nenhuma ferramenta ou nenhum site 100% seguro na internet. Contudo, quanto mais requisitos de segurança você coloca, maior a probabilidade de você não se tornar uma vítima”, ressalta.

A Receita informa ainda que, quase sempre, as cartas ou e-mails têm erros de português. Além de golpistas, são analfabetos.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 195 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Divulgação





NSC / LSI
Copyright © 1999-2018 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal