Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


FALSIFICAÇÃO DOCUMENTAL NOS PROCESSOS ELETRÔNICOS

Veja aqui a programação deste importante treinamento programado para o dia 16/08/2018 em São Paulo

Acompanhe nosso Twitter

28/06/2011 - Portal o Taboanense Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Julgamento de envolvidos em fraude começa no dia 24 de agosto

Por: Eduardo Toledo


A juíza Dra. Flávia Castellar de Olivério, da Vara Criminal da Comarca de Taboão da Serra, publicou a conclusão dos autos do processo contra as 26 pessoas presas, acusadas de participarem do esquema que fraudou o sistema financeiro da prefeitura da cidade. O Julgamento começará no dia 24 de agosto, às 9h, quando será realizada a audiência de instrução.

No mesmo dia começam a serem ouvidas as testemunhas arroladas na denúncia, além dos acusados. A juíza disse em sua decisão que “diante da quantidade de réus nos dois processos, vinte e seis ao todo, e quantidade de testemunhas arroladas pelas partes, também nos dois processos, impossível a realização das oitivas em um só dia, e na mesma oportunidade”.

Todos os acusados e testemunhas deverão permanecer a disposição da Justiça até o dia 26. “Será designada audiência, em continuação, para a oitiva das testemunhas arroladas pelas defesas, e interrogados os acusados”, determinou a juíza. As oitivas irão acontecer no Fórum de Taboão da Serra, no Pq. Pinheiros.

Os acusados que detidos no presídio de Tremembé devem ser transferidos para o cadeião de Pinheiros até o dia 19 de agosto, para que todos estejam em condições de prestarem seus depoimentos para a justiça. Os três foragidos foram notificados via edital. Acicleide Franca da Cruz e Marcelo Cavalo, constituíram advogados. Já Rafael da Silva, o Rafinha, será representado por defensor indicado pela justiça.

Outra decisão que foi publicada é de manter a prisão de todos os acusados. “Conforme bem lançado pela Ilustre Representante do MP não houve qualquer alteração na situação dos acusados que alterasse o teor da recente decisão de decretação da prisão preventiva de todos os acusados, datada de 12 de maio de 2011 (fls. 1531-1534). As defesas não lograram afastar, ao menos nesta fase inicial, todos os argumentos lançados para a determinação da segregação cautelar”.

Bens

Na sua decisão, a Juíza Dra. Flávia Castellar Olivério ainda nega o pedido feito pelos advogados de defesa que pediam a restituição dos bens apreendidos pela polícia, entre eles, mais de duas dezenas de carros. “Por ora [são], inviáveis as liberações. Assim, oficie-se à Autoridade Policial para que informe o nº do inquérito policial instaurado para a apuração do crime de lavagem de dinheiro”.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 327 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2018 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal