Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


FRAUDES NAS EMPRESAS

Veja aqui a programação deste importante treinamento programado para o dia 26/04 em São Paulo

Acompanhe nosso Twitter

28/06/2011 - Portal Terra Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

PF prende 15 que fraudavam R$ 1 bi por ano em impostos


A Polícia Federal (PF) deflagrou na manhã desta terça-feira uma operação que desarticulou duas quadrilhas acusadas de importar mercadorias de modo irregular e remeter divisas ao exterior ilegalmente. Conforme a PF, o grupo agia há pelo menos quatro anos e fraudava cerca de R$ 1 bi por ano em impostos. Ao todo, 73 pessoas foram indiciadas, 15 presas, entre elas um auditor da Receita, e duas estão foragidas.

Segundo a PF, as duas organizações criminosas têm origem na mesma quadrilha. O grupo teria usado 100 pessoas físicas e 40 jurídicas como 'laranjas', além de documentos falsos, para constituir empresas que teriam feito operações ilegais de comércio exterior, remetido para fora do País os valores obtidos e ocultado a identidade dos verdadeiros responsáveis. A mercadoria, que entrava no País por diversos portos, era levada para a cidade de São Paulo e armazenada em depósitos, a partir dos quais era distribuída.

Durante os quatro anos de investigação, verificou-se o envolvimento de dezenas de pessoas jurídicas com capacidade econômico-financeira incompatível com as transações que realizavam. A PF apreendeu 57 carretas com 30 t de mercadorias cada e R$ 2,7 milhões em dinheiro e cheque, além de sequestrar casas, motos e carros dos criminosos.

A Operação Pomar, realizada em conjunto com a Receita Federal, envolve 301 agentes da PF e 136 auditores da Receita em oito Estados: São Paulo, Rio de Janeiro, Santa Catarina, Alagoas, Espírito Santo, Rondônia, Mato Grosso do Sul e Goiás, além do Distrito Federal.

Os acusados serão indiciados e responderão, na medida de suas participações, pelos crimes de descaminho, sonegação fiscal, formação de quadrilha, falsidade ideológica, evasão de divisas e lavagem de dinheiro.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 132 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2018 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal