Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


FRAUDES NAS EMPRESAS

Veja aqui a programação deste importante treinamento programado para o dia 26/04 em São Paulo

Acompanhe nosso Twitter

03/07/2011 - Diário do Nordeste Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Preso acusado de golpe do seguro

Por: Emerson Rodrigues

O jovem foi detido quando tentava sacar dinheiro de mais uma vítima da fraude. Polícia aprofunda a investigação.

Apesar da advertência da Polícia e das seguradoras para o ´golpe do seguro´, as quadrilhas de fraudadores continuam fazendo vítimas em todo o País. Somente na última semana, a Polícia Civil do Ceará, através da sua Delegacia de Defraudações e Falsificações (DDF), sob o comando do delegado Jaime Paula Pessoa Linhares, está investigando a fraude contra duas idosas naturais de cidades do Interior de Minas Gerais.

Um homem, acusado de integrar o bando, foi preso na última terça-feira (28), por inspetores da Especializada quando tentava sacar parte do dinheiro que havia sido depositado por uma das vítimas. De acordo com o titular da DDF, Eduardo de Azevedo Oliveira, 26, foi detido pelos inspetores Paulo Florentino e Carlos Dário, na agência da Caixa Econômica Federal (CEF) no bairro Benfica. Ele tentava sacar R$ 7,8 mil referente à parte de um depósito fraudulento realizado na conta dele.

"Uma mulher (identidade preservada) natural da cidade de Muriaé, em Minas Gerais, recebeu uma ligação informando que havia um seguro de vida em seu nome. Mas para sacar os R$ 500 mil do prêmio, ela precisaria depositar R$ 150 mil referente aos honorários de advogados", revelou Linhares.

Segundo os levantamentos realizados pela Polícia, Eduardo já havia sacado R$ 46 mil do total de R$ 53,8 mil que havia sido depositado na conta dele. Na última terça-feira, voltou ao banco e foi impedido de sacar, pois o gerente da CEF já havia sido informado que a transferência era oriunda de uma fraude.

Prisão

Ao ter o pedido de saque negado pelo banco, ele chamou o advogado Sormane Rebouças, mas foi detido pelos policiais civis e levado para a DDF onde acabou sendo autuado em flagrante por estelionato. Conforme o advogado, seu cliente "apenas" cedeu a conta para que uma pessoa, identificada como ´Júnior´, transferisse a quantia. "Ele receberia um valor em troca de fornecer a conta, mas não sabia a procedência do dinheiro", disse Sormane.

Linhares revelou a que a vítima depositou a quantia de R$ 103 mil em outras contas, esperando receber o falso prêmio. "Ela só não depositou o restante do dinheiro porque foi alertada pelos gerentes do Banco do Brasil de Muriaé de que tudo não passava do velho golpe do seguro", ressaltou. A Polícia trabalha para identificar as outras contas para onde o dinheiro da mulher foi transferido.

Além deste caso, a DDF investiga outro episódio semelhante, em que uma idosa, de 71 anos, recebeu correspondência de uma empresa intitulada ´Conselho Federal de Seguros´. A carta, assinada pelo suposto presidente da instituição, denominado Rui Miranda, informava que estava à disposição da mulher, natural de Minas Gerais, uma apólice de seguro pela morte do companheiro dela.

Transferência

Contudo, para que o dinheiro fosse retirado, ela deveria transferir R$ 87 mil para a conta da suposta empresa. O golpe foi concretizado e o caso começou a ser investigado pela Superintendência de Seguros Privados (Susep). De posse da documentação fornecida pela vítima, a Susep descobriu que as contas dos fraudadores haviam sido abertas em agências bancárias de Fortaleza e o caso foi remetido à DDF. "Estamos investigando e, em breve, conseguiremos identificar e localizar os acusados desse crime", diz Linhares.

O delegado faz um alerta para a população, principalmente, aquelas pessoas que perderam parentes recentemente, para que não caiam nesse tipo de golpe. "Esse procedimento não é adotado pelas seguradoras. Em caso de dúvida, procurem a Susep e esclareçam se a apólice realmente existe, antes de fazer qualquer tipo de transação", alertou o titular da DDF.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 521 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2018 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal