Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


AFD SUMMIT

A maior Conferência de Investigação Corporativa & Perícia Forense da América Latina.
São Paulo dias 08-09 de dezembro de 2018


Acompanhe nosso Twitter

30/06/2011 - Planeta Osasco Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Empresários estão sendo vítimas do “golpe do boleto”


A Aceo (Associação Comercial e Empresarial de Osasco) faz um alerta aos empresários sobre para que fiquem atentos ao “golpe do boleto”. Fraudadores estão emitindo boletos de cobrança em nomes de associações e entidades idôneas. Os golpistas também enviam documentos que simulam a cobrança de multas, taxas e impostos. Tudo o que for pago vai direto para seus próprios caixas.

Investigação

A polícia de São Paulo apreendeu documentos e equipamentos de empresas envolvidas no golpe de emissão de cobranças falsas. Entidades empresariais apenas no nome, que enviam boletos de cobrança principalmente para quem acabou de abrir um negócio, foram enquadradas pela polícia paulistana.

Pelo menos duas entidades “fantasmas” estão sob investigação: a Associação Comercial e Empresarial do Brasil e a Associação Comercial do Estado de São Paulo. A polícia chegou a apreender documentos e equipamentos das empresas, já encaminhados para a perícia. O nome das duas entidades aparece no inquérito policial aberto há um ano, a pedido da Secretaria de Segurança Pública do Estado de São Paulo. Mas há dezenas atuando no mercado, sempre usando o artifício de confundir empresários, que pagam por falta de atenção. De acordo com o delegado Marcos Moura, da capital paulista, que assumiu recentemente a delegacia, o inquérito foi aberto a partir de denúncia de uma farmácia homeopática, vítima do golpe. Vultoso, o inquérito envolve outras fraudes praticadas contra empresários, todas relacionadas à cobrança indevida. “Os casos novos devem ser notificados pelas vítimas”, afirmou o policial, ressaltando que a polícia também enfrenta dificuldades para coibir esse tipo de crime. Um dos maiores problemas é a grande quantidade de empresas agindo de má-fé no mercado. “Trata-se de uma investigação complexa e trabalhosa porque são muitas pessoas a serem ouvidas”, justificou o delegado.

Como agir

Para que o empresário não caia neste tipo de golpe, a Aceo orienta o empresário a conferir com atenção o nome do cedente e os valores praticados e a descrição da cobrança sempre que receber um boleto bancário.
A Aceo também recomenda às empresas que procurem um profissional da área jurídica, a fim de mover uma ação de responsabilização, ou comunicar o fato às autoridades.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 166 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Divulgação





NSC / LSI
Copyright © 1999-2018 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal