Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


ÚLTIMOS TREINAMENTOS DE 2017 SOBRE FRAUDES e DOCUMENTOSCOPIA

Veja aqui a programação dos últimos treinamentos sobre Falsificações e Fraudes Documentais (16/11) e sobre Prevenção e Combate a Fraudes em Empresas (30/11).

Acompanhe nosso Twitter

29/08/2007 - Diário de Cuiabá Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Golpista pede doações usando entidade


Golpistas estão usando o nome da Associação dos Amigos das Crianças com Câncer (AACC) em Mato Grosso para pedir contribuições por telefone. A entidade recebeu denúncias de três voluntários da instituição que foram procurados pelos estelionatários. “Não trabalhamos dessa maneira. Quando precisamos de doações, recorremos aos colaboradores que já são cadastrados aqui e conhecem a casa”, alertou a gestora da unidade, Juliana Pereira de Arruda.

A operadora de caixa Roseli Lúcia de Campos, 31 anos, desconfiou do golpe quando a sogra recebeu uma ligação durante o fim-de-semana. “Eu a vi pedindo dinheiro para o meu sogro para ajudar a AACC, mas já imaginava que a instituição não pedia ajuda assim”, afirmou ela. Roseli ligou para a AACC e teve a confirmação de que se tratava de uma armadilha. “Minha sogra disse que iria colaborar, mas pediu que eles passassem na segunda-feira. Ninguém apareceu”, relatou.

Essa não é primeira vez que a instituição é utilizada para aplicar golpes. “Há algum tempo, uma empresa que vendia sacos de lixo estava oferecendo o produto e dizendo que o valor arrecadado seria enviado para a entidade, mas não tínhamos nenhum acordo com os proprietários”, apontou Juliana. A gestora ressaltou que a AACC é mantida por contribuições de doadores, mas que não faz telemarketing.

“Quando precisamos de alguma coisa, ligamos para os voluntários. Em caso de novos doadores, fazemos o cadastro e a pessoa opta por contribuir em dinheiro ou com mantimentos. São raros os casos em que vamos buscar os donativos nas residências, e temos um recibo da entidade que entregamos”, disse. Juliana reclamou que a ação dos golpistas atrapalha o trabalho da associação, que acaba perdendo a credibilidade quando precisa de ajuda.

A gestora apontou que é muito difícil conseguir doadores, porque as pessoas ficam desconfiadas quando acontece esse tipo de fraude. A AACC atende por mês em média 75 crianças que fazem tratamento em Cuiabá, cada uma com um acompanhante. O custo mensal da casa é de R$ 35 mil e para colaborar o telefone é 3621 1369. (KR)

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 386 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2017 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal