Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


AFD SUMMIT

A maior Conferência de Investigação Corporativa & Perícia Forense da América Latina.
São Paulo dias 08-09 de dezembro de 2018


Acompanhe nosso Twitter

30/06/2011 - Bonde News / InfoMoney Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Compra de moeda estrangeira exige cuidado

Prestar atenção na hora de comprar moedas internacionais evita a perda de dinheiro!

Sempre que a oportunidade de viajar para o exterior aparece, é inevitável não pensar em passagens aéreas, acomodações e passeios que serão realizados. O fato é que, neste momento, alguns cuidados devem ser tomados para evitar transtornos, especialmente no que diz respeito à moeda estrangeira. Afinal, imagine chegar ao seu destino e não poder comprar sequer uma água! E o pior, saber que tudo aquilo que adquiriu não vale nada.

Onde comprar?

No último semestre do ano passado, o Banco Central Europeu (BCE) tirou de circulação cerca de € 46,5 milhões em notas falsas. Mas de onde elas vêm? De acordo com o BCE, a grande maioria - especificamente 98% - foi detectada em países da própria zona. No segundo semestre de 2006, cerca de 1% provinha de Estados-membros da União Européia fora da área do euro e 1% de outras regiões do mundo.

Os dados mostram que as pessoas devem ter cuidado na hora de comprar a moeda, dica válida seja qual for a região escolhida para a viagem. Mas para não passar por nenhuma situação constrangedora com dinheiro sem valor, compre somente a moeda estrangeira em entidades credenciadas pelo Banco Central do Brasil, as quais operam em todo o território nacional, com taxas flutuantes.

Regras

O interessado em viajar para outro país deve apenas comprar a moeda no câmbio turismo, destinado única e exclusivamente para gastos em viagens internacionais.

Não existe um valor estipulado que a pessoa deve levar em sua viagem, já que cada uma tem roteiro e objetivo diferentes. Quando o valor for igual ou superior a R$ 10 mil, porém, é preciso fazer declaração prévia à Secretaria da Receita Federal, documento de responsabilidade do próprio passageiro.

Diferença do dinheiro

Antes de comprar o dinheiro, o turista deve saber que existem várias maneiras de pagar as contas no exterior. A moeda estrangeira é aquela comercializada no país para o qual a pessoa irá viajar. Para a aquisição, são necessários documentos como RG e CPF e, se o passageiro for menor de idade, deverá estar acompanhado de um responsável que apresente os documentos pessoais.

Os travellers cheques, ou cheques de viagens, são mais seguros. Isso porque, no caso de perda ou roubo, a pessoa será ressarcida pela administradora, independentemente de onde estiver. Além disso, são mundialmente aceitos e pertencem ao Serviço Global de Reembolso 24 horas.

No caso do VTM, as pessoas carregam o cartão em dólar americano, euro ou libra e retiram na moeda local através de caixas eletrônicos no país em que ela está se deslocando, serviço disponível 24 horas por dia em todo o mundo. A última opção é a mais indicada, no caso de universitários que vão para o exterior fazer cursos de férias.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 143 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Divulgação





NSC / LSI
Copyright © 1999-2018 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal