Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


ÚLTIMOS TREINAMENTOS DE 2018 SOBRE FRAUDES E FALSIFICAÇÕES
Veja AQUI programação e promoções dos últimos treinamentos de 2018 da DEALL R&I
sobre Fraudes e Falsificações nos dias 14, 22 e 29 de novembro.


AFD SUMMIT
A maior Conferência de Investigação Corporativa & Perícia Forense da América Latina.
São Paulo dias 08-09 de dezembro de 2018


Acompanhe nosso Twitter

30/06/2011 - G1 Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Quadrilha usava Ciretran para falsificar documentos no ES

Na investigação, dois homens foram presos por fraudar o Detran. Eles são acusados de usar documentação roubada para ajudar empresário.

Dois acusados de usar documentos roubados para ajudar um empresário a circular com carro irregular foram presos nesta quinta-feira (30), no interior do Espírito Santo. De acordo com a polícia, o empresário estava com uma dívida de R$ 19 mil no Detran. Ele pagou R$ 7 mil para um funcionário público regularizar o veículo, com a ajuda de um despachante.

O empresário foi preso no mês de maio, em uma blitz. Ele estava com os documentos falsos. Agora, a polícia chegou aos criminosos que cometeram a fraude. Os dois presos vão responder por estelionato e falsificação de documentos, e podem pegar até cinco anos de prisão. A polícia suspeita da participação de funcionários do Detran no esquema e as investigações continuam.

Esquema

A polícia investiga uma quadrilha que usou a Ciretran de Laranjeiras, no município de Serra, para fraudar documentos e permitir que carros irregulares circulassem livremente. Em 2009, um lote com 614 documentos em branco foi roubado desta Ciretran. Segundo a polícia, pelo menos 100 veículos estão circulando com documentos roubados no Espírito Santo.

Em junho deste ano, a Ciretran de Laranjeiras foi alvo de mais uma operação. O local foi lacrado e policiais apreenderam documentos. Na mesma época, um funcionário foi preso, acusado de vender uma moto apreendida. Ele foi solto dias depois.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 175 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Divulgação





NSC / LSI
Copyright © 1999-2018 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal