Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


FALSIDADE DOCUMENTAL NOS PROCESSOS ELETRÔNICOS

Veja aqui a programação deste inédito treinamento programado para o dia 20/12 em São Paulo

Acompanhe nosso Twitter

30/06/2011 - IDG Now! / PC World EUA Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Celulares com leitores biométricos: nova arma para proteger seus dados?

Para especialistas, telefones com leitores e combinações de serviços são mais seguros que métodos atuais; fraudes custaram US$ 1,7 bi aos EUA.

Desde 1997, roubos de identidade e fraudes afetaram mais de 5,4 milhões de pessoas somente nos Estados Unidos. E esse número não para de crescer, com mais de 1,3 milhão denúncias recebidas pela Consumer Sentinel Network (CSN) apenas em 2009. De acordo com a Comissão Federal de Comércio dos EUA (FTC), as 721 418 queixas sobre fraudes recebidas pela CSN no período custaram mais de 1,7 bilhão de dólares (a um custo médio de 399 dólares). Mas o que as companhias podem fazer para evitar essas práticas?

Segundo reportagem da Network World (em inglês), um PIN de 4 dígitos numéricos pode criar apenas cerca de 10 mil combinações. Use letras do alfabeto e esse número sobe para 45 mil. Experimente então usar uma mistura de letras e números e você tem cerca 1,5 milhão de possibilidades. Com os avanços em computação, passar por milhões de combinações é algo que não leva muito tempo. Felizmente, talvez exista um novo método para resolver tudo isso: celulares com leitores biométricos.

O site TechBiometric afirma que “sistemas biométricos podem ser implementados em telefones celulares usando diferentes técnicas biométricas” (reconhecimento de voz, por exemplo). Outra opção seria combinar um serviço com outro, como o login de um site mais a verificação a partir de seu celular.

O jornalista da Network World Dave Kearns analisou novamente isso e aponta que o que poderia ser feito é fazer o login com seu nome de usuário e senha, e então receber em seu celular um código para ser usado uma vez, o qual você digitaria no app em seu computador, para então ter o acesso liberado.

Esse método poderia ser usado para uma variedade de serviços, incluindo serviços de redes sociais, diferentes aplicativos para Internet e até mesmo caixas eletrônicos. Infelizmente, ele não é totalmente seguro se alguém roubar todos os seus dados, incluindo seu telefone, mas é melhor do que os métodos atuais. Ele pode não funcionar se você está em um prédio ou no meio do nada e não tem sinal em seu telefone.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 171 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2017 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal