Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


FALSIDADE DOCUMENTAL NOS PROCESSOS ELETRÔNICOS

Veja aqui a programação deste inédito treinamento programado para o dia 20/12 em São Paulo

Acompanhe nosso Twitter

29/06/2011 - Bom Dia Sorocaba Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Cinco mulheres foram presas ontem no Centro após compras com RGs e cartões de crédito falsos

Por: Michele Stella

5 golpistas e valem por 19.

Cinco mulheres foram presas em flagrante na noite desta terça-feira (28) após comprarem um laptop e dois aparelhos de celular em uma loja de eletrodomésticos, na rua Barão de Jundiaí, usando documentos e cartão de crédito falsos.

Elas foram detidas por uma equipe da Guarda Municipal na rua do Rosário, no momento em que entravam em um Ford Ka verde, ano 2011, placas de Mogi das Cruzes, cidade onde moram.

Claudete Gonçalves da Silva Nogueira, 36 anos, dona do carro, Aline Aparecida Vale Toledo, 27, e três irmãs - Thaís Batista de Siqueira, 33, Adriana Batista de Siqueira, 38, e Olívia Batista de Siqueira, 31, foram denunciadas por funcionários da loja, que desconfiaram da atitude das mulheres no momento da confirmação de dados residenciais.

Com as golpistas, a polícia encontrou 19 RGs falsos, dezenas de holerites frios, notas fiscais de compras feitas em outras cidades, como uma realizada no dia 25 de junho em Osasco, e inclusive uma pequena agenda com mais de 30 anotações incluindo nomes, endereços e números de telefone de diversas pessoas.

A compra desta terça foi feita em nome de Adaílma Moreira dos Reis Santos e o endereço apresentado foi rua Antonio Francisco, 144, Vila Agrícola. Segundo o GM Cabral, o material encontrado com a quadrilha aponta que as mulheres têm experiência como estelionatárias. “Com certeza elas fazem isso há muito tempo e em várias cidades do Estado pelo o que indicam as anotações.”

Dinheiro / Além de todos os materiais apreendidos pela GM, as mulheres também tinham uma quantia considerável em dinheiro. Na bolsa de Adriana havia R$ 590,00, na de Olívia R$ 1,3 mil e com Claudete, durante revista pessoal, a GM Susete encontrou
R$ 670,60 escondidos na calcinha dela. “Ela tentou disfarçar dizendo que estava menstruada”, conta a guarda.

Do plantão policial, a quadrilha de estelionatárias foi encaminhada direto para a cadeia feminina de Itupeva. A pena para o crime varia de um a cinco anos de acordo com o delegado Glauco Roberto Rufino, que esta terça-feira à noite ainda analisava o caso. Das cinco mulheres, a única que já tem passagem pela polícia é Aline Aparecida Vale Toledo, por furto, em ocorrência registrada em Mogi das Cruzes.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 1275 vezes




Comentários


Autor e data do comentário: rose - 05/07/2011 17:53

É triste vermos que atualmente as mulheres estão cada vez mais ativas no mundo do crime, onde outrora prevalecia a ternura e o cuidado predomina hodiernamente a cultura à violência.



O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2017 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal