Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


FALSIDADE DOCUMENTAL NOS PROCESSOS ELETRÔNICOS

Veja aqui a programação deste inédito treinamento programado para o dia 20/12 em São Paulo

Acompanhe nosso Twitter

27/06/2011 - G1 Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Falso bombeiro é preso em banco com documentos falsos no Rio

Ele também é investigado por venda de vagas em concurso dos bombeiros. Suspeito foi preso em flagrante na Penha, na Zona Norte do Rio.

Agentes da Corregedoria Interna da Polícia Civil (Coinpol) prenderam, nesta segunda-feira (27), um homem suspeito de atuar como falso bombeiro, na Penha, Zona Norte do Rio de Janeiro. Em nota oficial, a Polícia Civil informou que o homem foi preso em flagrante quando tentava abrir uma conta bancária com documentos falsos.

Segundo a polícia, o homem também é suspeito de envolvimento com um esquema de venda de vagas no concurso do Corpo de Bombeiros. O delegado e subcorregedor Paulo Henrique da Silva Ribeiro informou que ainda investiga como funciona o esquema da venda de vagas.

Os policiais apreenderam CPFs, um crachá do Corpo de Bombeiros e uma carteira da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB). De acordo com a polícia, todos os documentos eram falsos. A ação foi em conjunto com a Corregedoria Geral Unificada (CGU).

Justiça Federal vai julgar caso de falso militar

Também nesta segunda-feira, a assessoria do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro (TJ-RJ) informou que o processo do falso tenente-coronel da reserva do Exército Brasileiro, Carlos da Cruz Sampaio Junior, será analisado pela Justiça Federal. Ele é acusado de porte ilegal de arma de fogo e falsidade ideológica.

Sampaio foi preso em 15 de outubro de 2010, após uma investigação da Secretaria de Segurança Pública descobrir que ele não pertencia às Forças Armadas, usava documentos falsos e possuía um revólver sem ter porte de arma. Sampaio usou os documentos do pai, que é militar reformado, para criar uma identidade falsa do Exército.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 209 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2017 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal