Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


FALSIDADE DOCUMENTAL NOS PROCESSOS ELETRÔNICOS

Veja aqui a programação deste inédito treinamento programado para o dia 20/12 em São Paulo

Acompanhe nosso Twitter

15/06/2011 - V News Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Velho conhecido da polícia, 'golpista do carro' é preso em Jacareí

Homem fingia interesse na compra, pedia para dar uma volta e sumia com o veículo. Na abordagem, ele apresentou documento falso, mas foi reconhecido.

Policiais da DIG (Delegacia de Investigações Gerais) de Jacareí prenderam na manhã desta quarta-feira (15) um homem acusado de furto de veículos. O que chama a atenção é que todas as vítimas estavam com o carro à venda. O golpista fingia estar interessado na compra, pedia para dar uma volta e sumia com o automóvel.

Um calhamaço de folhas com a relação dos crimes, que começaram na década de 1970. Pedro Estevam de Lima, de 59 anos, foi condenado a 36 anos de prisão. Cumpriu 23 na Penitenciária 2 de Potim. É considerado foragido, desde a saída temporária de páscoa, em 2010.

Há um ano, retomou a rotina de crimes. Segundo a polícia, só em São José dos Campos, foram quatro vítimas. Uma delas foi a professora Simone Boaventura. No início do mês, o golpista pediu para testar o carro dela que estava a venda e deixou um outro veículo como garantia. Ele não voltou e o carro que ficou com a professora era roubado.

O aposentado Carlos Della Corte é de Jacareí e no último domingo (12), o carro dele, que também estava à venda, foi levado pelo estelionatário. “Depois que ele experimentou, aí ele parou o carro. Aí, no minuto que eu distrai, ele deu partida, pôs a perna para dentro e foi embora. Terrível, um patrimônio de R$ 20 mil, não é fácil”, conta.

Com a descrição que a última vitima passou para os policiais da DIG de Jacareí, foi possível identificar o criminoso. Ele já era um velho conhecido dos investigadores. “Inicialmente, ele desembarcou do veículo e apresentou um documento falso, só que o policial já o conhecia e quando disse o nome dele, ele assumiu sua verdadeira identidade”, revelou o delegado Luiz Antônio dos Santos.

O criminoso foi preso em flagrante por uso de documento falso e será indiciado por adulteração de placas e por furto qualificado.

“Ele vai ser indiciado por furto mediante fraude e não por estelionato. Na verdade, ele usava o carro anterior que ele trazia como um engodo para enganar as vítimas, porém, ele subtraía o veículo, a vítima não entregava o seu bem e ele fazia a subtração. Por isso, o furto qualificado e as penas são bem diferentes. No estelionato é de até 5 anos e no furto qualificado de até 8 anos”.

O homem continua na DIG de Jacareí. Após prestar depoimento, ele será enviado para a cadeia da cidade.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 180 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2017 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal