Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

25/08/2007 - MidiaMax Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Advogado de Kelly desiste de defendê-la por falta de pagamento

Por: Marcelo Varela


O advogado Rogério Barbosa, que representou a sul-mato-grossense Kelly Samara Carvalho dos Santos, de 19 anos, presa em flagrante quarta-feira, dia 22, sob suspeita de praticar golpes na região dos Jardins, em São Paulo, relata que desistiu da cliente depois de não receber seus honorários. Ao ser detida, a jovem disse que aplicou golpes para chamar a atenção dos pais. Ele diz ter cuidado do caso da jovem por 10 dias.

“Pela falta de pagamento, desisti”, relata o advogado. Ele abandonou o caso logo antes da prisão em flagrante da jovem e não teria recebido por seu trabalho. Segundo a conta, a suposta estelionatária lhe deve R$ 4.350. O valor seria referente a, além dos honorários, o dinheiro gasto para liberação da jovem da delegacia em 9 de agosto, quando Barbosa assumiu o caso no lugar de uma advogada.

A jovem havia passado nove dias presa sob acusação de estelionato e falsidade ideológica. “Do meu bolso, caucionei a liberdade dela”, disse o advogado. Ele relata que, no tempo em que cuidou do caso de Kelly, se encontrou com a jovem “duas ou três vezes”. Conversas, calcula, foram apenas cinco. “Ela me contatava através de vários telefones. Me ligava a cobrar”, lembra.

Ainda de acordo com Barbosa, a jovem teria oferecido objetos para pagar a dívida com ele. “Mas desconfiei da origem deles e não aceitei”, afirma. Barbosa, que alega não ter tido acesso aos famliares da garota, espera que a família dela contrate um novo advogado. “Vou ver quem será o familiar que vai constituir (o novo advogado) para ingressar com uma ação contra ele (o familiar)”, aponta.

Histórico - Kelly foi presa aplicando golpes em lojas de luxo de São Paulo (SP), também fez vítimas na cidade de Dourados, segundo informações da Polícia Civil. Os golpes foram registrados no ano de 2005, quando, ainda de menor, a estelionatária praticou crimes na cidade, sendo que no mês de março foi apreendida por haver praticado os crimes de estelionato, outras fraudes, falsidade ideológica e furto.

As vítimas foram um taxista que efetuou uma corrida e não recebeu e uma empresária proprietária de uma loja de confecções. A jovem aproveitou que a comerciante estava ausente e se passou por amiga da empresária convencendo as vendedoras a entregar-lhe algumas roupas em consignação.

Kelly também furtou um aparelho celular de uma mulher. Quando foi detida, a estelionatária identificou-se como sendo Alessandra Almeida Radady, porém foi desmascarada e seu nome verdadeiro descoberto.

No mês de dezembro do mesmo ano, ela voltou a ser autuada por furto e estelionato. As vítimas foram mais dois taxistas que efetuaram corridas e receberam em pagamento cheques furtados.

As outras vítimas foram um pecuarista, que teve um talão de cheques furtado, uma mulher de Campo Grande, que estava em Dourados e também teve um talão de cheques e um cartão de crédito furtados, e uma empresa de transporte rodoviário, onde a jovem adquiriu uma passagem pagando com um dos cheques furtados.

As ocorrências foram registradas na Delegacia do Menor Infrator de Dourados e atendidos pelos delegados João Alves Queiroz e Roberto Queiroz Coelho. Eles não conseguiram prender a estelionatária na época.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 364 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal