Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


FALSIDADE DOCUMENTAL NOS PROCESSOS ELETRÔNICOS

Veja aqui a programação deste inédito treinamento programado para o dia 20/12 em São Paulo

Acompanhe nosso Twitter

09/06/2011 - Diário de Pernambuco Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

O velho golpe do "ouro de tolo"

Ciganas foram presas após oferecerem falsas joias a clientes e vendedores do Shopping Recife.

Após uma denúncia anônima, duas ciganas foram presas ontem, acusadas de tentar vender pedaços de metal como se fossem pequenas barras de ouro a clientes e vendendores do Shopping Center Recife, em Boa Viagem, na Zona Sul. Uma mulher de 30 anos e a sobrinha dela, de 18, foram presas. Uma criança filha da cigana de 30 anos, que também participava das abordagens, fugiu correndo. A polícia não informou a idade da menina. Sem saber que se tratava de um policial, as mulheres chegaram a tentar vender três barrinhas, por R$ 3,7 mil, a um dos homens que efetuaram a prisão. Tia e sobrinha foram encaminhadas à Colônia Penal Feminina do Bom Pastor, onde aguardarão julgamento por tentativa de estelionato.

Em depoimento, as mulheres dissseram que vieram de Aracaju (SE) de carona. Elas afirmaram que nasceram em uma comunidade de ciganos em Salvador (BA). A cigana de 30 anos informou à polícia que vende metais e bijuterias desde os 8 anos. Com as mulheres, a polícia encontrou pedaços de metal, que parece ser ferro, além de lixa e uma substância usada para dar a tonalidade dourada e o brilho, além de três colares dourados.

Segundo a polícia, as mulheres abordavam as vítimas dizendo que eram trabalhadoras de um garimpo recém-fechado em Serra Pelada (PA) e que elas tinham conseguido trazer algumas barras de ouro e queriam vender cada grama por R$ 10. “Elas são acostumadas a enganar as pessoas e acham que isso é a coisa mais natural do mundo. Certamente, devem ter feito muitas vítimas pelo Brasil”, disse o delegado Erivaldo Guerra.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 564 vezes




Comentários


Autor e data do comentário: Fernando Neri - 24/03/2012 23:06

Pois é, pelo que pesquisei, 2 das quatros eram de menor e foram para o conselho tutelar, o bebê da gravida nasceu, agora andam pelas estradas do Brasil ainda enganando, me roubaram 500 reais ontem (23/03/12), são astutas, te convence da miséria, aparentam extrema inocência, como eu gostaria de encontrá-las novamente. Pior que nunca ficarão presas pois ciganos para a policia são como cônes: sem documentos nem ao menos existem. Paguei 500 reais e encaro isso como um curso intensivo: não dê carona pra ninguem, nem se estiver fardado como autoridade!


Autor e data do comentário: João Alves Martins - 02/07/2011 19:02

Fui enganado aqui na região de mogi guaçu dia 29 de junho de 2011, duas senhoras e duas novas, uma dessas grávida, a chefe do bando era a mais velha e com aspecto de cigana.



O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2017 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal