Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


FALSIDADE DOCUMENTAL NOS PROCESSOS ELETRÔNICOS

Veja aqui a programação deste inédito treinamento programado para o dia 20/12 em São Paulo

Acompanhe nosso Twitter

10/06/2011 - A Crítica de Campo Grande Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

OAB/MS suspende advogada acusada de aplicar golpes


A Ordem dos Advogados do Brasil, Seccional de Mato Grosso do Sul, por meio do Tribunal de Ética e Disciplina (TED) suspendeu a advogada Roberta Almeida Morel acusada de falsificar assinatura de juízes e também de lesar seus clientes. Contra ela há mandado de prisão em aberto.

De acordo com o delegado da Polícia Civil, Fábio Sampaio, a advogada aplicou golpes em ação judicial revisional e venda de terreno sequestrado pela Justiça. Sampaio afirma que foram registrados vários boletins de ocorrência contra Roberta que está sendo investigada desde o fim do ano passado. Há pelo menos oito inquéritos que apontam ela como autora de estelionato.

“Assim que a OAB/MS tomou conhecimento das graves denuncias feitas contra a advogada Roberta Morel providências imediatas foram tomadas para que os fatos sejam esclarecidos e punidos os responsáveis”, afirma o presidente da OAB/MS, Leonardo Duarte.

O Tribunal de Ética e Disciplina, somente em 2010, aplicou sanções éticos-disciplinares a seis advogados do estado, sendo um do interior. Todos foram suspensos devido a atos que não condizem com a profissão. O profissional do interior foi punido pela prática da pedofilia comprovada documentalmente, tendo sido noticiado em jornais e noticiários televisivos em Mato Grosso do Sul.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 440 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2017 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal