Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

25/03/2006 - Amauta Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

A dança da Deputada

Por: Laerte Braga


O deputado Chico Alencar, um dos mais sérios e brilhantes parlamentares em meio a esse lodaçal em que se envolve o Congresso (Chico é uma das exceções), disse que "o povo está começando a cansar da gente". Referia-se à não cassação de mandatos de dois dos deputados apontados como mensaleiros.

A dança da deputada Ângela Guadagnin foi de fato desrespeitosa. Pelo momento. A gravidade dos fatos não se prestava àquele tipo de comemoração. Comemorar o que? Um deputado apontado com alguém que recebeu um dinheiro por fora, foi descoberto e não foi cassado.

Os passos de samba, ou seja lá do que for, executados pela senhora deputada talvez sejam a síntese da música tocada pelo Congresso. Não falo apenas dos não cassados. Falo por exemplo daqueles cujos processos foram arquivados. O mensaleiro Eduardo Azeredo.

Ou a omissão em torno da lista de Furnas, o mensalão tucano.

É ruim para o País, lógico, que o Congresso não seja nem a representação dos estados de uma Federação que não existe, muito menos a representação popular, no caso da Câmara.

É um clube onde se salvam uns poucos. Amigos e inimigos cordiais todos correndo atrás da chave do cofre. Lembra o filme "esse louco louco mundo". Um bando de malucos atraídos pelo dinheiro escondido por um criminoso sai numa viagem louca até achar o dito dinheiro.

Terminam todos na cadeia, ou melhor num hospital depois de muitas trapalhadas. Não é o caso de deputados e senadores. Malgrado Chico Alencar, César Medeiros, Babá, mais alguns com caráter e compromisso popular, ninguém ali vai cassado, que dirá preso.

O que o Brasil assiste é um deprimente espetáculo de uma classe política falida, dominada por interesses que não os dos brasileiros, uma luta cerrada em torno de poder. De um lado tucanos, doutro lado petistas e seus aliados.

Uns venderam o País e querem voltar para passar a escritura. Outros não souberam encontrar saídas e mergulharam no clientelismo político e na corrupção mais deslavada, jogando por terra história e compromissos do partido.

O que se espera, para quem acredita ser possível salvar esse modelo, (tarefa para Hércules), é que a deputada Ângela Guadagnin dance de fato nas próximas eleições. Não faz jus ao mandato. Nem ela e nem a esmagadora maioria do atual Congresso.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 493 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal