Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


FALSIDADE DOCUMENTAL NOS PROCESSOS ELETRÔNICOS

Veja aqui a programação deste inédito treinamento programado para o dia 20/12 em São Paulo

Acompanhe nosso Twitter

08/06/2011 - PR Newswire Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Banco de dados PEP da WorldCompliance supera 1.000.000 de registros


MIAMI, 8 de junho de 2011 /PRNewswire/ - Com sede em Miami, a WorldCompliance atinge um marco histórico na luta contra a corrupção, ao anunciar hoje que o seu banco de dados PEP ultrapassou 1.000.000 de perfis detalhados de Pessoas Politicamente Expostas, seus familiares e estreitos colaboradores.

Na esteira da primavera árabe, as instituições financeiras ao redor do mundo encontraram-se na linha da frente de determinar quem é uma Pessoa Politicamente Exposta ("PEP", do inglês), e quais transações podem envolver riscos.

Os EUA congelaram US$ 30 bilhões em ativos da Líbia. A Suíça, a poucos minutos de anunciar sua renúncia, congelou os bens do ex-presidente egípcio, Hosni Mubarak. Um testemunho do início de uma nova era, em que o enriquecimento ilícito não tem nenhum papel e a cleptocracia chega ao fim.

Os ganhos da corrupção somente nos países em desenvolvimento variam de 20 a 40 bilhões de dólares americanos por ano, aproximadamente o equivalente ao PIB anual dos 12 países mais pobres do mundo, que é onde mais de 240 milhões de pessoas vivem. No total, o Banco Mundial estima que 1 trilhão de dólares da economia mundial são gastos em subornos a funcionários do governo.

Em 2009 e 2010, as instituições financeiras somente no Brasil apresentaram 1.294 relatórios de atividades suspeitas ("SAR"), envolvendo Pessoas Politicamente Expostas, em muitos casos solicitados através do uso das bases de dados comerciais PEP, tais como os oferecidos pela WorldCompliance. Os sujeitos destas SARs viviam em 125 países, incluindo os Estados Unidos, onde 294 suspeitos supostamente vivem, principalmente em Nova York e na Flórida.

"A paixão que nossos analistas estão colocando na construção de perfis detalhados de PEPs levou à captura de criminosos e, por fim, ajuda na luta contra a corrupção e o suborno," disse Dirk Mohrmann, CEO da WorldCompliance. "Estamos orgulhosos de podermos proteger os nossos clientes com o banco de dados PEP mais abrangente do mundo."

Desde 2001, a WorldCompliance tem colhido informações de dezenas de milhões de artigos e fontes de governo para criar um banco de dados de fácil acesso de pessoas e empresas vinculadas a governos ao redor do mundo. O nosso banco de dados permite a exposição imediata dos indivíduos solicitando subornos e dos recursos obtidos da corrupção, acessando detalhes críticos sobre funcionários públicos estrangeiros, mais do que apenas um nome, mas também incluindo datas de nascimento, fotografias, números de carteira de identidade nacional, relacionamentos e empresas de fachada.

"Ao permitir que nossos clientes vejam as PEPS, seus familiares e estreitos colaboradores, estamos proporcionando às empresas a capacidade de proteger a sua reputação e ficar em conformidade com os requisitos PEP em todo o mundo", disse o Sr. Mohrmann. "Trazemos transparência ao mercado. Os dias em que um funcionário público estrangeiro pode fugir com verbas obtidas através de corrupção estão
contados."

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 285 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2017 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal