Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


FALSIDADE DOCUMENTAL NOS PROCESSOS ELETRÔNICOS

Veja aqui a programação deste inédito treinamento programado para o dia 20/12 em São Paulo

Acompanhe nosso Twitter

02/06/2011 - EPTV.com Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Adolescentes vendem "cheque-livrinho" para ficar com dinheiro

Por: Tiago Di Túllio Freitas

Alunos que não querem gastar com leitura distorcem função do benefício.

Parte dos mais de 56 mil “cheques-livrinho” distribuídos pela Secretaria Estadual de Educação para serem utilizados por alunos da rede pública na Feira do Livro estão sendo desvirtuados de sua função original. Adolescentes aproveitam o valor de R$ 18 para venderem o talão a outros clientes por preços que variam entre R$ 10 e R$ 15. A intenção é se livrar do papel oferecido pelo governo e ficar com dinheiro vivo.

A denúncia foi feita por uma professora do ensino fundamental do Estado que preferiu não se identificar. "São jovens irresponsáveis que tomam esse tipo de atitude. O pior é que também tem gente que aceita a oferta e acaba comprando", disse a docente. A assessoria de imprensa da organização do evento disse à reportagem do EP Ribeirão conhecer casos de cheques falsificados dentro da Feira. Mas são casos isolados. Enquanto crianças fazem bom uso do valor e gastam o cheque em cultura, outros jovens sem o mesmo comprometimento utilizam os talões para outros fins.

Os expositores que chegaram a trocar cheques falsificados foram reembolsados do mesmo jeito, já que não há controle da Secretaria Estadual de Educação dentro da Feira. Três folhas falsas foram identificadas até agora. Contactada pelo EP Ribeirão, a secretaria informou que o vale-livro foi criado única e exclusivamente para aquisição de livros e materiais relacionados à Feira. Disse ainda que, para a edição do ano que vem, vai estudar novas formas para continuar garantindo acesso gratuito dos alunos ao material.

Cheque-livro

Letícia Freitas, de 9 anos, estuda na Escola Estadual Professor Benedito Maciel Arantes e esteve na Feira acompanhada de vários colegas. “Eu vou gastar com livros porque gosto muito de ler”, disse a menina. Sua amiga, Larissa Eduarda, de 11 anos também utilizou todo o “cheque-livrinho” e ainda achou pouco. “Eu queria comprar tudo. Estou procurando livros de mágica, porque gosto muito, mas eu queria que o chequinho tivesse mais de R$ 18”.

Pouco mais de 77 mil crianças e adolescentes dos ensinos médio e fundamental das redes estadual e municipal receberam um talão de cheques especial para ser gasto durante a Feira. Ao todo, 56.140 alunos de escolas estaduais receberam o benefício, enquanto os estudantes municipais somam 20.945. O investimento total do governo é de cerca de R$ 1,6 milhão, sendo R$ 500 mil da secretaria da cidade.

A proprietária da Editora Caminhos, Marisa Dela Pace, 54 anos, contou que o cheque, desde o ano passado, representa 40% do seu total de vendas e que costuma fazer descontos caso as compras das crianças ultrapassem o valor de R$ 18. “Aceitamos o cheque-livrinho e depois repassamos ao Instituto do Livro. O reembolso ao expositor é de 100%”, explicou.

Para o coordenador da EE Prof. Benedito Arantes, Antonio Motta, 41 anos, o incentivo é válido, mas precisa ser bem utilizado. “É importante estimular a leitura desde cedo, seja a criança alfabetizada ou não. A gente observa a alegria deles em poder comprar, muitas vezes, o primeiro livro de suas vidas”, contou. "Se o valor servir para os alunos adquirirem dois ou três livros de qualidade, já vai ter valido a pena", avaliou Motta. Para dar conta dos mais de 260 alunos do 1ª a 5ª séries, o coordenador dividiu as turmas em dois dias e teve ajuda de outros oito funcionários do colégio. “As contas dos gastos com cheque também viraram atividade matemática. É bom porque os alunos também fazem o próprio controle do valor”.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 173 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2017 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal