Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


FALSIDADE DOCUMENTAL NOS PROCESSOS ELETRÔNICOS

Veja aqui a programação deste inédito treinamento programado para o dia 20/12 em São Paulo

Acompanhe nosso Twitter

02/06/2011 - TVI Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Burla: portugueses vendem limpa-neves a... Angola

Estado angolano terá sido lesado em 300 milhões de euros num esquema de importações e exportações.

A queixa do Estado angolano chegou ao Departamento Central de Investigação e Acção Penal há precisamente um ano. Em causa uma burla gigantesca que envolve empresários portugueses.

Angola terá sido lesada em mais de 300 milhões de euros. Empresários e quadros do Banco Nacional de Angola forjavam ordens de pagamento, falsificavam a assinatura do governador do banco e do ministro da tutela.

Os suspeitos terão ainda forjado títulos de importação/exportações de mercadorias. Neste rol consta até a venda de limpa-neves a Angola.

As ordens de pagamento do Banco Nacional de Angola foram cumpridas no balcão do Banco Espírito Santo, em Londres.

O alerta partiu do BES quando recebeu uma ordem de pagamento, para a qual já não tinha cobertura.

A TVI sabe que esta semana a Polícia Judicária fez buscas na casa de um empresário com ligações à banca, nos arredores de Lisboa. Foram apreendidos documentos, material informático e até um Mercedes SLS, avaliado em 260 mil euros.

Estão em causa crimes de burla qualificada, falsificação de documentos, associação criminosa e branqueamento de capitais.

O caso também deu origem a um inquérito em Luanda.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 426 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2017 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal