Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


FALSIDADE DOCUMENTAL NOS PROCESSOS ELETRÔNICOS

Veja aqui a programação deste inédito treinamento programado para o dia 20/12 em São Paulo

Acompanhe nosso Twitter

31/05/2011 - G1 Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

MP denuncia quadrilha de falsificação de selos do Inmetro para extintores

Dezenove pessoas foram denunciadas por falsificar selos de autenticação. Quadrilha atuava em sete estados (PR, SC, SP, RJ, BA, GO e DF).

O Ministério Público Federal no Paraná denunciou 19 pessoas suspeitas de formação de quadrilha de falsificação e comércio clandestino de selos do Instituto Nacional de Metrologia, Normalização e Qualidade Industrial (Inmetro), que eram usados em extintores de incêndio. A acusação é resultado da 'Operação Olho de Boi', realizada pela Polícia Federal no mês de abril de 2011, que desarticulou uma quadrilha que atuava em pelo menos sete estados do país.

Selos falsificados e selos verdadeiros usados clandestinamente serviam para atestar que aparelhos extintores, principalmente de carros, teriam sido inspecionados. Os extintores eram vendidos como se tivessem sido examinados pelo instituto.

A quadrilha que foi denunciada atuava nos estados de Santa Catarina, Paraná, São Paulo, Rio de Janeiro, Goiás, Bahia e Distrito Federal. As 19 pessoas vão responder por crimes de quadrilha ou bando, corrupção ativa e passiva, falsificação e uso indevido de selos do Inmetro.

De acordo com o Ministério Público, oito mandados de prisão foram cumpridos pela Polícia Federal - na ocasião da Operação Olho de Boi - e apenas uma pessoa continua presa, em Curitiba.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 201 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2017 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal