Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


FALSIDADE DOCUMENTAL NOS PROCESSOS ELETRÔNICOS

Veja aqui a programação deste inédito treinamento programado para o dia 20/12 em São Paulo

Acompanhe nosso Twitter

27/05/2011 - Adrenaline Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Spammers criam falsos encurtadores de URL


Os disseminadores de spam acabam de criar mais uma técnica para espalhar mensagens indesejadas: a criação de seus próprios serviços falsos para encurtamento de links. Com isso, os spammers conseguem burlar mecanismos de verificação dos encurtadores legítimos.

De acordo com o relatório "MessageLabs Intelligence" da Symantec, essa nova atividade contribuiu para o aumento de 2,9% no volume de spam neste mês, uma retomada desde a desativação da botnet Rustock, em março.

Nesse esquema, os links criados nesses falsos sites para encurtamento de URL não são incluídos diretamente nas mensagens de spam. Em vez disso, os e-mails contêm URLs encurtadas em sites legítimos. Esses endereços levam para um site falso que, por sua vez, redireciona para o próprio endereço virtual do spammer.

"O que é único a respeito desses novos sites de encurtamento de URL é que os spammers estão tratando-os como um 'passo intermediário' – um link entre os serviços públicos de encurtamento de URL e os próprios sites dos spammers", explica Paul Wood, analista sênior do MessageLabs Intelligence.

Esses domínios foram registrados vários meses antes de serem usados. Conforme a Symantec, a prática provavelmente é uma forma de evitar a detecção por parte dos serviços autênticos, já que a idade do domínio pode ser usada como um indicador de legitimidade.

"Com serviços legítimos de encurtamento de URL tentando combater abusos mais seriamente, os spammers parecem experimentar novas maneiras de criar seus próprios serviços para evitar interrupções”, aponta Wood. “No entanto, enquanto estiverem surgindo mais serviços de encurtamento de URL, devemos esperar que os spammers continuem explorando-os", completa.

Em maio, a média de spam global foi de um a cada 1,32 e-mails, atingindo 75,8%. A Rússia foi o maior alvo, com um índice de 82,2%.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 342 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2017 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal