Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


FALSIDADE DOCUMENTAL NOS PROCESSOS ELETRÔNICOS

Veja aqui a programação deste inédito treinamento programado para o dia 20/12 em São Paulo

Acompanhe nosso Twitter

26/05/2011 - Extra Online Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Polícia detona esquema de venda e compra de tíquetes de alimentação


Policiais do Núcleo de Combate a Corrupção e Lavagem de Dinheiro (NUCC-LD), com o apoio da 10ª DP (Botafogo), realizaram, na manhã desta quinta-feira, buscas em oitos endereços comerciais no Centro do Rio e em São João de Meriti que funcionavam como pontos de compra e venda de tíquetes de alimentação e vales transporte. Eram cobrados 20% do valor do crédito vendidol.

Foram apreendidos cerca de R$ 100 mil em espécie, R$ 4 mil em tíquetes de alimentação, 37 máquinas de débito e crédito (POS´s), cartões do Rio Card, Bilhete Único e até vales para vans.

Segundo o delegado Fábio Ferreira, as empresas eram cadastradas na Junta Comercial. Doze pessoas estão sendo investigadas acusadas de abrirem empresas fictícias com uso de documentos falsos para lavar dinheiro. Em oito locais onde a polícia esteve foi comprovada a existência de pelo menos 20 empresas fictícias.

-Os envolvidos na fraude poderão responder pelo crime de sonegação fiscal e falsidade ideológica. A quadrilha falsificava documentos para poder credenciar junto às administradoras dos cartões, visando obter pontos de venda para a realização desta transação financeira. Em uma das salas comerciais onde estivemos, na Avenida Treze de Maio, por exemplo, funcionavam uma churrascaria e três padarias fantasmas.

Para o delegado, este foi o primeiro passo da investigação e a partir do material apreendido hoje pela polícia, outras pessoas serão identificadas.

-Estas empresas podem ser usadas para lavagem de dinheiro e até mesmo o tráfico de drogas.

Em um dos locais, os agentes arrecadaram R$ 50 mil em espécie e recolheram extratos que comprovam a movimentação de R$ 30 mil em apenas um dia de trabalho.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 226 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2017 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal