Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


FALSIDADE DOCUMENTAL NOS PROCESSOS ELETRÔNICOS

Veja aqui a programação deste inédito treinamento programado para o dia 20/12 em São Paulo

Acompanhe nosso Twitter

26/05/2011 - Rádio Criciúma Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Advogada é condenada por vender HD no site Mercado Livre e não entregar à compradora


A 2ª Câmara Criminal confirmou sentença da 1ª Vara Criminal da Comarca de Chapecó e manteve a condenação da advogada Ludmila Maffezzolli por estelionato. A pena de um ano e dois meses foi convertida em prestação de serviços à comunidade e pagamento de um salário mínimo a entidade filantrópica. Ela vendeu, por R$ 199, um HD de 20 GB a Vanessa Ginardi Severo, por meio do site de compras MercadoLivre; recebeu o valor, mas não entregou o produto conforme combinado.

Na denúncia oferecida pelo Ministério Público, consta que a venda ocorreu em 31 de maio de 2003 e, em 30 de agosto de 2004, Vanessa recebeu uma caixa, onde não estava o produto comprado e sim uma fita VHS, sem valor comercial. No processo, a advogada confirmou ter recebido HDs novos como pagamento de honorários advocatícios, e ter se cadastrado no site para negociá-los por leilão, um deles com Vanessa, a quem acusou de indução em erro ao negar o recebimento do HD. Na apelação, Ludmila requereu a extinção da punibilidade pela prescrição e a absolvição por falta de provas.

O relator, desembargador substituto Túlio Pinheiro, entendeu que, apesar da alegação de má-fé recíproca, não houve prova disso. Para o magistrado, ficou clara a vantagem ilícita da vendedora. “E, porque a prova revela inconteste o delito, outro caminho não resta senão o reconhecimento da prática delitiva pela apelante”, concluiu o relator.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 160 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2017 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal