Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


FALSIDADE DOCUMENTAL NOS PROCESSOS ELETRÔNICOS

Veja aqui a programação deste inédito treinamento programado para o dia 20/12 em São Paulo

Acompanhe nosso Twitter

27/05/2011 - Jornal A Região Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Polícia prende bando de golpistas


A 6ª Delegacia Territorial (DT), em Brotas, Salvador, apresentou à imprensa uma quadrilha de estelionatários, formada por dois homens e duas mulheres, que há um ano vinha aplicando golpes na Bahia.

Segundo a delegada Maria Dail Barreto, estima-se que o bando, com residência em Uberlândia (MG), teria causado, com a utilização de cheques e cartões de crédito clonados, prejuízos de mais de R$ 10 mil a instituições financeiras.

A prisão ocorreu depois de denúncia feita por um motoboy contratado pelo bando para alguns serviços. O primeiro foi sacar um cheque de R$ 3 mil numa agência bancária na Avenida ACM.

Do lado de fora do banco, na companhia de uma integrante do grupo, a mineira Franciele de Fátima Machado Luz, 23 anos, o motoboy acabou sendo vítima de uma ‘saidinha bancária’ e perdeu o dinheiro.

Ao convidar Franciele para acompanhá-lo a uma delegacia e prestar queixa do roubo, o motoboy foi surpreendido com a declaração de que esquecesse tudo. Ela embarcou num carro que passava e a placa foi anotada pelo rapaz.

Os investigadores descobriram que a placa era de um carro alugado em nome de outro integrante do bando, identificado como Marco Aurélio Rodrigues, 37, de Minas Gerais. Poucas horas depois, policiais prenderam Marco Aurélio.

Ele estava hospedado no Barra Flat com sua mulher, a mineira Maria Aparecida Soares, 49, também integrante da quadrilha. Mais tarde eram presos, no hotel Sol do Flamengo, Franciele e o namorado Vitor Yuri Soares, natural de Goiás.

Com os quatro, autuados em flagrante por estelionato, os policiais apreenderam um notebook, duas impressoras, celulares e uma grande quantidade de folhas de cheque em branco de diversos bancos e cartões de crédito de várias operadoras.

Marco Aurélio já esteve preso em São Paulo, Belo Horizonte, Eunápolis e Dias D’Ávila por estelionato, e sua mulher, pelo mesmo delito, em Minas e na Bahia. Os quatro têm o segundo grau completo e usavam o dinheiro dos golpes para uso próprio.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 288 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2017 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal