Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


FALSIDADE DOCUMENTAL NOS PROCESSOS ELETRÔNICOS

Veja aqui a programação deste inédito treinamento programado para o dia 20/12 em São Paulo

Acompanhe nosso Twitter

26/05/2011 - Portal Terra Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

SP: polícia acha laboratório de clonagem de cartões e prende 6


A Polícia Civil prendeu na manhã desta quinta-feira seis suspeitos de integrarem uma quadrilha especializada em clonagem de cartões bancários. De acordo com o Departamento de Investigações sobre Crime Organizado (Deic), o grupo foi detido em um laboratório no bairro Jardim Beatriz, zona sul de São Paulo, onde os cartões eram fabricados. No local, a polícia apreendeu computadores com imagens de micro-câmeras instaladas em equipamentos de auto-atendimento, o que possibilitava ao bando gravar os clientes digitando suas senhas.

Além da estratégia de gravar correntistas digitando dados pessoais nos terminais do banco, o grupo, segundo a polícia, agia simulando a abertura de pontos comerciais para adquirir os equipamentos de leitura de cartões. As máquinas recebiam dispositivos para armazenar informações dos usuários. Os golpistas se passavam por funcionários de empresas de assistência técnica e procuravam comerciantes com a alegação de manutenção.

Os equipamentos eram instalados principalmente em praças de alimentação em shoppings. No período em que permaneciam nesses locais, armazenavam informações dos clientes, sem comprometer as transações comerciais oficiais.

O esquema acabou descoberto durante as apurações sobre falsificações de documentos de veículos. Segundo o Deic, a polícia identificou o imóvel onde funcionava o laboratório da quadrilha e cercou o local, flagrando os seis homens produzindo cartões clonados.

Os policiais detiveram o dono do imóvel, motoboy Cláudio Raimundo dos Santos, 37 anos, o comerciante Edval José Bonifácio, 30 anos, o pintor Davidson Clayton da Fonseca, 27 anos, o metalúrgico Renato de Souza Marinho, 24 anos, o manobrista Everton Luis Campos, 22 anos, e o segurança Everson Bonifácio Souza, 20 anos.

No local, além dos computadores com as imagens, foram apreendidos programas de informática para criar o design dos cartões bancários. Também uma impressora, avaliada em R$ 10 mil, que reproduzia o grafismo idêntico aos padrões originais. Der acordo com a polícia, o grupo, que agia havia seis meses, tinha em seu poder 250 cartões clonados prontos para uso, inclusive com as senhas anexadas.

Os presos foram autuados por falsificação de documentos e formação de quadrilha. Os policiais investigam a participação de outras pessoas nos golpes.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 329 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2017 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal