Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


FALSIDADE DOCUMENTAL NOS PROCESSOS ELETRÔNICOS

Veja aqui a programação deste inédito treinamento programado para o dia 20/12 em São Paulo

Acompanhe nosso Twitter

19/05/2011 - Extra Online Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Falso policial é detido, em Duque de Caxias,em blitz com documentos falsos


Policiais Rodoviários Federais detiveram um advogado por apresentar documento falso, na Rodovia Washington Luís (BR 040), Km 105, no início da madrugada desta quinta-feira, em Duque de Caxias.

Os agentes abordaram um Astra, dirigido por um homem de 47 anos, que se identificou como policial militar, apresentando uma carteira funcional de 3º Sargento da PMERJ, antes de entregar a documentação solicitada.

O motorista demonstrou muito nervosismo, chamando a atenção dos policiais. Ao conferirem a carteira apresentada, os agentes suspeitaram da autenticidade documento e tentaram confirmar o fato com o motorista, mas o suposto policial não foi capaz de dizer onde trabalhava ou mesmo o número de sua matrícula. A fotografia da carteira, tirada há mais de dez anos, não permitia saber se seu portador era ou não o policial.

Os policiais rodoviários pediram ao homem, então, que reproduzisse sua assinatura. Na comparação com a do documento apresentado, era totalmente diferente. O policial assinou o nome com I. A assinatura na carteira era grafado com Y.

Ao fazerem uma busca no veículo, os agentes acabaram encontrando uma carteira da OAB e a identidade do motorista, com a sua fotografia, além de R$ 965 em dinheiro.

O homem acabou revelando aos agentes que, na realidade, seu nome era outro. Ele disse que era advogado, que a carteira de polícia seria uma cópia plastificada e que se fez passar por um dos seus clientes, apenas para dar uma “carteirada” na blitz, pois não era habilitado e os documentos do carro estavam com o licenciamento vencido.

O motorista foi multado por dirigir sem habilitação; o carro foi multado e retido. A ocorrência foi registrada na Delegacia de Polícia Federal de Nova Iguaçu, onde também foram entregues todos os documentos e o dinheiro encontrado. O advogado foi preso em flagrante por uso de documento falso.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 145 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2017 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal