Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

16/08/2007 - Agora Online Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Preso suspeito de praticar golpe do classificado


Após um trabalho de investigação realizado por policiais civis da Delegacia de Repressão a Furtos e Roubos de Itabuna foi preso, no início da tarde de ontem, sob a acusação de prática de estelionato em Itabuna e em diversos estados do país, Marimilton Pereira dos Santos, 48 anos, residente no bairro Jardim Primavera. O esquema em que Marimilton Santos é acusado de comandar, segundo o delegado Marlos Macedo, consistia em publicar, em jornais de grande circulação nos estados, anúncios referentes a venda de automóveis, com valor abaixo do de mercado, o que atraía incautos que se tornavam sua vítimas.

Segundo a Polícia, para praticar o golpe o suspeito se apresentava como Jorge Manoel Souza Santos. "Ele furtou os documentos do verdadeiro Jorge Santos, que por sinal é ex-companheiro da atual mulher de Marimilton", diz o delegado titular da DRFR, Marlos Macedo. "As pessoas depositavam um adiantamento, sem ver o veículo, e depois disso ele desaparecia", explica.
De acordo o delegado, contra Marimilton há inquéritos instaurados em Sergipe, Salvador, Rio de Janeiro e Goiás, mas todos em nome de Jorge Santos. "Temos muitos inquéritos policiais em andamento aqui, cujos crimes, possivelmente são de autoria desse Jorge, mas que na verdade se trata de Marimilton Pereira dos Santos", informa o delegado.
A estimativa da Polícia é de que Marimilton dos Santos esteja praticando este tipo de golpe há cerca de 10 anos. "Em Salvador, por exemplo, contra ele há um mandado de prisão em aberto, expedido pela Vara Crime em 2003. Vamos entrar em contato com a 9ª Delegacia de Salvador, e possivelmente ele será recambiado para a Polinter", informa o delegado.
Segundo o delegado Marlos Macedo, as acusações que pesam contra Marimilton estão relacionadas a estelionato, formação de quadrilha, falsidade ideológica e de documentos. Para piorar a situação de Marimilton, em entrevista ao Agora ele declarou trabalhar com corretagem de imóveis sem ser habilitado pelo Conselho Regional de Corretores de Imóveis.
Sobre o seu suposto envolvimento com estelionato, ele negou qualquer participação. "Não conheço esse Jorge que estão dizendo que eu usei os seus documentos. Sei apenas que ele já morou com a minha esposa, mas isso há mais de 10 anos. Não tenho participação nenhuma nesse esquema de venda de carros em anúncios de jornal", defende-se. De acordo com o delegado Marlos Macedo, a expectativa é de que com a prisão de Marimilton, suas vítimas compareçam à delegacia para fazer o reconhecimento.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 693 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2017 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal