Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


FALSIDADE DOCUMENTAL NOS PROCESSOS ELETRÔNICOS

Veja aqui a programação deste inédito treinamento programado para o dia 20/12 em São Paulo

Acompanhe nosso Twitter

17/05/2011 - Diário de Canoas Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Procon orienta como se proteger de golpes em compras on-line

Por: Cláudia Boff

Denúncias são frequentes, com pelo menos 40 casos em dois sites.

Canoas - Ao acessar um site de compras com preços bem menores que os de mercado, atenção. Você pode estar sendo levado a um golpe. O gestor do Procon de Canoas, Fábio Bueno, afirma que nos últimos oito meses o número de vítimas desses crimes cibernéticos que procuram a unidade está crescendo. “Recebemos pelo menos uma denúncia por dia, envolvendo moradores de Canoas e de Nova Santa Rita”, informa o gestor.

As fraudes eletrônicas, segundo ele, envolvem diversos endereços na Internet. Em um deles, que estaria situado no bairro Niterói, o Procon possui documentados 12 casos em que as vítimas não receberam os produtos. Em outro, que comercializa produtos eletroeletrônicos de origem asiática, pelo menos 30 pessoas não tiveram retorno de suas compras on-line, depois de efetuado o pagamento.

Casos são investigados

O titular da delegacia de Repressão aos Crimes Cibernéticos, do Departamento Estadual de Investigações Criminais, Marcínio Tavares Neto, diz que o aumento dos casos acompanha o avanço do uso da Internet. “Na mesma proporção, crescem as fraudes.” Ele garante que o suposto site situado em Canoas está sob investigação, não podendo adiantar nada sobre o caso.

Estelionatários oferecem preços 3 a 4 vezes menores

Entre as falsas vantagens oferecidas por sites fraudulentos, o gestor do Procon de Canoas Fábio Bueno indica o anúncio de preços pelo menos três vezes menores do que nas lojas, além de facilidades de parcelamento e entrega gratuita. “Muitos ligam ou mandam e-mail para pedir informações sobre o produto e acabam descobrindo o golpe depois que já efetuaram o pagamento”, explica. O valor investido pelas vítimas locais, segundo ele, varia de 60 reais até 4 mil reais. “O código de defesa do consumidor garante o direito de arrependimento em até sete dias. A facilidade e o conforto oferecidos sem proteção acabam custando caro.”

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 172 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2017 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal