Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


FALSIDADE DOCUMENTAL NOS PROCESSOS ELETRÔNICOS

Veja aqui a programação deste inédito treinamento programado para o dia 20/12 em São Paulo

Acompanhe nosso Twitter

14/05/2011 - Portal Arcos Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Polícia Militar descobre golpe de estelionato aplicado contra estudantes em Arcos

Duas mulheres foram presas acusadas de induzir os estudantes à compra de apostilas.

Na manhã deste sábado, 14, a Polícia Militar de Arcos prendeu duas mulheres acusadas de estelionato. A operação foi desencadeada depois que os policiais receberam a informação que algumas pessoas estariam oferecendo a oportunidade para pessoas com interesse em receber diplomas do Ensino Médio, sem necessidade de freqüentarem aulas, apenas realizando uma prova. Os policiais se infiltraram à paisana durante a palestra e acompanharam a apresentação das acusadas.

Elas afirmavam que as pessoas que adquirissem o material poderiam fazer uma prova do MEC e mesmo tirando nota mínima receberiam o diploma do Ensino Médio. Imediatamente os policiais identificaram tratar-se de um golpe, pois tais facilidades não são oferecidas pelo MEC. Além disso, o tenente da Polícia Militar, César Henrique Bittencourt, já havia constatado que as autoridades arcoenses ligadas ao ensino não tomaram conhecimento do fato.

Muitas pessoas acreditaram na proposta e lotaram a sede da Associação Comercial e Empresarial (ACE) e Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL). Muitos creram na promessa pelo simples fato de que a apresentação aconteceria no prédio da ACE/CDL. Mas Ivan Fontes, presidente da ACE, disse que a instituição apenas alugou o espaço para a reunião e afirmou que nenhum de seus membros sabia do teor das informações. Pelo menos 15 pessoas teriam sido vítimas do golpe e existe a possibilidade desse número aumentar.

A Secretaria de Educação do Município também teria sido mencionada durante a reunião. Aulsênia Leão Vidal, Secretária de Educação, disse não ter conhecimento do fato e afirmou que a secretaria não foi procurada e esclareceu que o município é responsável apenas pelo ensino fundamental, sendo do Estado a responsabilidade para com o ensino médio.

Segundo relato de uma pessoa que não quis ser identificada, pessoas que perguntavam "demais" eram convidadas a sair da sala de reunião para conversar em separado. André Fortunato, relatou que pagou o valor de R$290,00 pelo material, com cartão de crédito e só percebeu se tratar de um golpe com a presença da Polícia.

As duas mulheres presas, as testemunhas, todo material e o veículo utilizado pelas acusadas foram encaminhados para a delegacia de Formiga para as providências cabíveis. A Polícia Militar já tem informação de que este tipo de golpe já teria sido aplicado em Araxá, no Triângulo Mineiro, e em Resende, interior do Rio de Janeiro, e que possivelmente seriam as mesmas pessoas.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 207 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2017 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal