Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

16/08/2007 - MidiaMax Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Polícia prende em Bonito estelionatários emitindo cheques clonados

Por: Daniel Pedra


Policiais Civis da Delegacia de Bonito autuaram, em flagrante delito, uma dupla de estelionatários de Campo Grande aplicava no comércio da cidade golpes com cheques clonados. Segundo foi apurado pela Polícia, Nilson Pinto Martinez e Luís Santos de Matos adquiriram nove lâminas de cheques clonadas em Campo Grande e se dirigiram a Bonito para adquirir produtos no comércio local.

Os criminosos decidiram pela cidade uma vez que as falsas cártulas continham dados da agência do Banco Bradesco de Bonito. Os estelionatários chegaram a Bonito e de imediato passaram a efetuar compras no comércio local utilizando-se dos cheques falsos.

Além das mercadorias adquiridas, os autores preenchiam os cheques com valores acima dos valores das compras e pediam aos comerciantes que lhes voltassem à diferença em dinheiro. Além disso, ambos se apresentavam como peões de fazenda, afirmando que as compras seriam levadas para a propriedade rural em que trabalhavam.

Para reforçar esta informação, os estelionatários se vestiam com roupas típicas de trabalhadores rurais, fazendo os comerciantes crerem nas informações apresentadas. Segundo a Polícia, um dos comerciantes desconfiou da cártula apresentada e acionou a Polícia Civil.

Após rápida consulta junto ao Banco Bradesco local e da confirmação de que os dados postados no cheque eram falsos, os estelionatários foram presos e autuados em flagrante delito. Após a prisão, a equipe de policiais civis efetuou diligências pelos estabelecimentos comerciais da cidade e localizou sete vítimas que apresentaram as notas fiscais dos produtos vendidos aos estelionatários, bem como os cheques clonados entregues como forma de pagamento.

Diante dos fatos, a equipe de investigações apreendeu com os estelionatários todas as mercadorias adquiridas fraudulentamente, além de grande parte do dinheiro que pegaram como “troco” da compras efetuadas. Durante checagem junto aos bancos de dados da Polícia Civil foi constatado que o estelionatário Luís Santos de Matos já foi condenado por latrocínio e Nilson Pinto Martinez por diversos crimes de estelionato.

A Polícia informou que estão sendo realizadas investigações nas cidades de Sidrolândia e Ribas do Rio Pardo, sendo que os policiais das duas cidades informaram que há casos de estelionato no comércio com características semelhantes.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 384 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal