Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


FALSIDADE DOCUMENTAL NOS PROCESSOS ELETRÔNICOS

Veja aqui a programação deste inédito treinamento programado para o dia 20/12 em São Paulo

Acompanhe nosso Twitter

12/05/2011 - UOL Notícias Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Pirataria na China custou US$ 20 bilhões para indústria de software em 2010


Pirataria de software na China causou um prejuízo de pouco mais de US$ 20 bilhões (130 bilhões yuans) aos cofres das empresas desenvolvedoras de programa no ano de 2010. Isso representou um aumento de 1,55% comparado ao ano de 2009, segundo um levantamento do State Intellectual Property Office (Escritório estatal de propriedade intelectual, em tradução livre) – órgão do Governo chinês. As informações são da agência de notícias AFP.

Apesar das perdas, a China tem apresentado melhoria no consumo de programas originais. “O uso de software legítimo está crescendo constantemente”, informa a pesquisa. O declínio nas taxas de pirataria ocorreu em função do barateamento de programas originais, o aumento do número de aplicações gratuitas e pela maior diversidade de redes de distribuição.

A China apresentou redução no nível de pirataria. Em 2010, a taxa de pirataria foi de 9% contra 12% em 2009. O levantamento entrevistou mais de 4,8 mil pessoas entre profissionais liberais e membros da indústria de software sobre o uso de programas.

Os programas mais pirateados na China foram: ferramentas de programação, softwares específicos utilizados na indústria e o pacote Office, da Microsoft. Além disso, entraram na lista também programas de design para páginas da internet e gerenciadores de segurança.

A China tem um dos maiores mercados de falsificação do mundo. A violação de direitos no país tem sido um ponto de discórdia na relação com os Estados Unidos, um dos principais parceiros comerciais.

Os Estados Unidos, recentemente, disseram que a China estava fazendo progressos na proteção da propriedade intelectual, mas manifestou preocupação por um compromisso de longo prazo do país com a causa.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 175 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2017 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal