Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


FALSIDADE DOCUMENTAL NOS PROCESSOS ELETRÔNICOS

Veja aqui a programação deste inédito treinamento programado para o dia 20/12 em São Paulo

Acompanhe nosso Twitter

09/05/2011 - Portal MS Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Suposto golpista é preso depois de enganar e roubar mulher em MS

Homem é investigado por golpes semelhantes em outros dois estados. Golpe teria sido aplicado em uma funcionária pública de Campo Grande.

Um homem de 50 anos, suspeito de praticar diversos golpes de estelionato em mulheres, foi preso no município de Jaraguari (MS), a 51 quilômetros de Campo Grande. Segundo a Polícia Civil, o homem fazia contato por meio de sites de relacionamentos e se aproveitava das vítimas,. pedindo dinheiro emprestado e roubando jóias e equipamentos. Ele foi detido na sexta-feira (6) e apresentado pela Polícia Civil nesta segunda-feira (9).

O homem está sendo investigado pela polícia do Ceará, Goiás e no Distrito Federal por golpes semelhantes. O último teria sido praticado em uma mulher de 51 anos, que mora em Campo Grande. Segundo a delegada Daniela Kades, ele também teria furtado objetos eletrônicos da casa da irmã da vítima.

A Polícia Civil informou que esta não é a primeira vez que o homem é preso por estelionato. Em abril deste ano, ele foi capturado em Goiânia (GO), após enganar uma fonoaudióloga e roubar pertences dela.

Com a vítima campo-grandense não foi diferente. Em janeiro deste ano, ele veio de Goiânia para a cidade com uma passagem de ida e volta paga pela vítima, aproximadamente R$ 800. A mulher contou à polícia que conheceu Antônio em um site de relacionamentos. Ele disse para a mulher que era viúvo há três anos, que estava procurando uma companheira de vida e que tinha vontade de abrir uma empresa na capital sul-mato-grossense.

Ao chegar na cidade, Antônio ficou hospedado na casa da mãe da vítima por oito dias. Nesse tempo, ele pegou R$ 500 emprestado, além de documentos da mulher para pagar taxas de uma empresa que ambos pretendiam abrir. O valor do financiamento seria de R$ 300 mil e não chegou a ser concluído.

A todo momento o homem dizia que devolveria o dinheiro para mulher. A vítima chegou a receber um cheque, em nome de terceiro, no valor de R$ 360, que foi devolvido.

O suposto estelionatário teria simulado ainda um depósito de R$ 4,6 mil para quitar outras dívidas com a vítima. Ao todo o homem furtou R$ 1.320, além de objetos eletrônicos.

Segundo a delegada, o perfil da vítima é o mesmo de outras mulheres enganadas pelo suposto golpista, funcionária pública de classe média. O homem não confessou o crime e disse que conhecia a mulher há dois anos, informação não confirmada pela vítima. Ele alegou ainda que tinha um relacionamento com a mulher, mas que teria ido embora de Campo Grande, porque ela era muito ciumenta.

A delegada informou que o suspeito tem três perfis diferentes em sites de relacionamentos.

A polícia estava monitorando o suposto golpista desde o registro de boletins de ocorrência por estelionato e furto, respectivamente feitos em fevereiro e em abril. Ao chegar em Jaraguari ele foi preso e levado para Campo Grande.

Segundo informações da delegada, ele alegou que estava indo até Dourados para conseguir um emprego. O homem será transferido para Goiânia, em cumprimento a mandado de prisão expedido pela Justiça de Goiás.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 148 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2017 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal